5 dicas de como escolher o domínio do meu site

ArtigosCategoria
Tempo de leitura:6 min
Rafael Queiroz Bastos

Se você quer levar sua marca para o mundo digital, uma pergunta que inevitavelmente você deve se fazer é a seguinte: “como escolher o domínio do meu site?” 

O domínio nada mais é que o nome que vai estampar a URL do seu site. É aquele endereço que o usuário precisa digitar na barra de navegação para conseguir ter acesso a uma página. Por exemplo, o nome de domínio da GoDaddy é: br.godaddy.com.

Repara que ele leva tanto o nome da marca, de forma simples e objetiva, como também ele possui as famosas extensões, como é o caso do .com. 

Essas extensões são também fundamentais para quem deseja aprender como escolher um bom nome de domínio. É preciso saber utilizá-las para trazer credibilidade e combinar bem com o que sua marca deseja transmitir.

O fato é que, para garantir o melhor domínio, é preciso dar atenção a alguns pontos, pois este é um atributo crucial para que sua casa digital seja encontrada com facilidade. 

Confira 5 dicas de como escolher um nome profissional e atrativo para o domínio do seu site!

Como escolher o domínio do meu site? 5 dicas

Afinal, “como escolher o meu domínio?” Para responder essa pergunta, é preciso pensarmos um pouco na lógica por trás da questão. Como mencionamos mais acima, o domínio é quem vai levar a identidade da empresa para os usuários. Esse é o endereço que eles vão escrever para encontrar seu site.

Portanto, é necessário pensar em todos os atributos que tornem o nome domínio fácil de memorizar, que seja atrativo e original e que, por fim, transmita credibilidade e profissionalismo.

Você não quer que sua empresa tenha um endereço genérico fácil de ser confundido com outros, não é mesmo? Ao mesmo tempo, você não deseja que o nome seja muito complicado e que seus possíveis clientes vão esquecer na hora de buscar nos principais buscadores, como o Google.

Em resumo, por que aprender “como escolher o domínio do meu site” é tão importante? Porque ele é uma etapa do marketing digital da marca e de como ela vai se posicionar no mundo digital.

Diante disso, preparamos um pequeno manual para ajudar você a identificar alguns pontos que deve evitar no processo de como criar um bom nome de domínio. Isso porque algumas situações não são tão evidentes e podem passar despercebidas, prejudicando seu projeto.

Contudo, conhecendo-as, você poderá fazer o oposto, a fim de garantir o melhor endereço para sua página da web.

1. Veja a disponibilidade do nome de domínio

Escolher o nome, criar identidade visual e até mesmo fazer o registro de uma marca antes de averiguar a disponibilidade do domínio é um grande erro. Afinal, já imaginou quantos recursos você desperdiçaria, caso chegasse ao momento de comprar seu endereço e ele não estivesse livre?

Analise a disponibilidade e, caso alguém já o tenha comprado, passe para o seu plano B.

Pesquisa de nome de domínio

2. Atenção com as extensões de domínio

Segunda dica de como escolher o domínio do meu site: não menospreze as extensões de domínio! Apesar de pequenas e não serem o principal atrativo do endereço, elas podem ser a cereja do bolo para dar mais credibilidade e profissionalismo ao seu site.

Afinal, existem extensões amplamente conhecidas e com bastante credibilidade para aumentar a confiança do público com a sua página. Bons exemplos delas são a .com e .net.

Além disso, existem diversas extensões que podem ser escolhidas tendo em vista a segmentação de mercado. Se você lida com uma empresa de cursos de inglês, por que não escolher a extensão .edu? 

Já se a marca atua exclusivamente no Brasil, por que não optar pelo famoso .br? São diversas as opções disponíveis.

3. Consulte também as as redes sociais

Um ponto importante é verificar as redes sociais. Muitas vezes, o domínio até está livre, mas as redes sociais com o mesmo endereço — ou com pequenas variações — já são posse de outras marcas.

Neste caso, quando for averiguar se o endereço está livre, aproveite para conferir, também, a disponibilidade dos endereços das redes sociais.

Ter um endereço integrado facilita a divulgação da sua marca, bem como a fixação na mente do público-alvo.

4. Aposte em nomes mais simples e fáceis de memorizar

Evite utilizar nomes difíceis, pois pode prejudicar a compreensão das pessoas. Por exemplo, algumas palavras com grafia diferente da sonoridade podem comprometer seus acessos. 

Já imaginou falar o nome do seu site para alguém que, ao acessar, não digitar da forma ideal? Agora pense nisso acontecendo com muitas outras pessoas. Sim, você perderia muito tráfego.

5. Escolha palavras-chave que tenham ligação com seu negócio

Outro grande equívoco é optar por um domínio que não tenha ligação com seu negócio ou com a proposta de valor da sua marca. Lembre-se que muitos poderão acessar seu site por meio de buscadores on-line. Portanto, a utilização de termos específicos pode cooperar com sua indexação.

Ainda precisa de um empurrãozinho para achar o nome perfeito? Conheça então o Gerador de Nome de Domínio da GoDaddy e descubra as melhores opções disponíveis de forma gratuita.

Basta inserir uma palavra-chave relacionada com seu ramo de atuação que o buscador encontrará opções variadas para que você escolha a melhor ou, quem sabe, tenha novas ideias a partir dos exemplos mostrados. Em seguida, basta concluir o processo de registro com a GoDaddy!

Agora que já sabe tudo o que precisa evitar ao comprar nome de domínio, faça sua pesquisa na GoDaddy e compre para garantir seu endereço antes que alguém mais também o queira!

Aproveite e entenda a importância de registrar um domínio mesmo sem ainda ter um site!

Produtos Utilizados

DomíniosSaiba mais