Observatório de dados de pequenas empresas da GoDaddy 2023 – Negócios

ArtigosCategory
8 min read
Rafael Queiroz Bastos

As pequenas empresas são um motor fundamental da economia. Nos últimos anos, elas passaram por uma transformação sem precedentes devido aos desafios impostos pela pandemia da COVID-19, ao surgimento de grandes plataformas de comércio eletrônico ou à necessidade de digitalizar seus negócios para se manterem à tona, entre outros.

Na GoDaddy, estamos cientes dos desafios impostos por todos esses fatores para empreendedores e pequenas empresas. E também sabemos que, para estar ao lado deles e fornecer-lhes as ferramentas necessárias para iniciar e gerenciar seus negócios na Internet, é necessário entendê-los completamente.

Com esse objetivo em mente, a GoDaddy está anunciando os resultados do Small Business Observatory 2023, um estudo sobre o estado atual das pequenas empresas em nível internacional.

Principais conclusões do relatório

O Observatório de Dados GoDaddy 2023 foi conduzido pela GoDaddy em colaboração com a Advanis. Mais de 4.800 proprietários de pequenas empresas no Brasil, Colômbia, Alemanha, Índia, México, Filipinas, Cingapura, Espanha, Tailândia e Estados Unidos formaram a amostra dessa pesquisa.

O relatório abrange três linhas de conteúdo: negócios, marketing, tecnologia e índice digital.

Qual é o nível de maturidade das pequenas empresas?

Uma das principais questões que abordamos ao entender o cenário das pequenas empresas é a idade delas, em outras palavras, há quantos anos estão no mercado.

Isso fornece insights sobre a estabilidade dessas pequenas empresas em cada mercado e o interesse atual no microempreendedorismo.

Globalmente, 46% das pequenas empresas pesquisadas estão em operação há 1 a 5 anos. Esse número é de 52% no Brasil.

Apenas 10% das empresas pesquisadas foram estabelecidas no último ano globalmente, 13% no Brasil.

Quais canais de vendas as pequenas empresas utilizam?

No atual ambiente de negócios em ritmo acelerado, as pequenas empresas se esforçam para encontrar maneiras eficazes de alcançar seus clientes e garantir sua sobrevivência em um mercado altamente competitivo. Nesse contexto, é fundamental entender seus principais canais de vendas, revelando as estratégias e as tendências emergentes que impulsionam seu crescimento no cenário de negócios em constante mudança.

Globalmente, o Data Observatory revela que 61% dos proprietários de pequenas empresas usam um site, uma loja on-line ou uma plataforma de comércio eletrônico como seu principal canal de vendas. Países como Estados Unidos (66%), Alemanha (70%), Espanha (65%) e Índia (62%) estão acima da média na adoção desses canais de vendas. O Brasil ficou com 57%.

As plataformas de mídia social também são uma parte valiosa de uma estratégia de vendas, com 58% dos empresários pesquisados globalmente também vendendo por meio desse canal. Nesse caso, essas plataformas têm maior aceitação em países da América Latina, como México (68%), Colômbia (61%), e no Brasil (59%).

As vendas por meio de ligações telefônicas e presença física completam os três canais mais usados. Globalmente, 37% das empresas pesquisadas utilizam esses canais para alcançar seus clientes (48% no Brasil). Esses dados revelam que ter uma forte presença on-line com vários canais complementares é vital para que as empresas prosperem em ambientes digitais.

Graças aos resultados do Observatório de Dados 2023, entendemos que os canais digitais desempenham um papel significativo nas pequenas empresas atualmente. A seguir, vamos nos aprofundar um pouco mais nesse tópico.

Que experiência as pequenas empresas têm em ambientes digitais?

A capacidade de vender produtos ou serviços on-line abriu um mundo de oportunidades e desafios para as pequenas empresas. Mas há quanto tempo essas empresas estão usando os canais digitais para comercializar seus produtos ou serviços?

Em nível global, a maioria das empresas pesquisadas (55%) vende por meio de canais digitais entre 1 a 5 anos. Vinte por cento delas estão fazendo isso há menos de um ano, enquanto apenas 10%, globalmente, estão vendendo on-line há mais de 10 anos.

No Brasil, 60% das pequenas empresas pesquisadas vendem on-line entre 1 e 5 anos, 21% há menos de um ano e 6% vendem on-line há mais de 10 anos.

Como as pequenas empresas se promovem em seus primeiros três meses de existência?

Ao iniciar um novo negócio, as etapas iniciais que um empreendedor toma para promovê-lo são cruciais para estabelecer uma presença sólida no mercado.

Globalmente, as cinco principais ações em que essas empresas tendem a se concentrar são a criação de perfis em plataformas de mídia social (38%), a publicidade on-line (30%), o contato pessoal com clientes em potencial (29%), a criação de um logotipo para a empresa (28%) e o lançamento de um site (27%).

No Brasil, iniciar pequenas empresas com uma conta de mídia social é a etapa mais comum (38%), sendo que as mulheres são ainda mais ativas do que os homens nesse sentido (42% vs. 32%).

Essas ações estratégicas marcam o início da jornada rumo ao sucesso empresarial na era digital.

Quais canais as pequenas empresas usam atualmente para se promover?

Mas quais ações são mais eficazes após esses três primeiros meses de existência?

Nesse ponto, os proprietários de pequenas empresas pesquisados têm uma compreensão clara:

  • Globalmente, os canais mais usados são as campanhas de publicidade on-line (38%), o contato direto com os clientes por meio de telefonemas (34%) e o lançamento de ofertas e promoções (30%).
  • Apenas 24% dos entrevistados criaram um site corporativo para seus negócios.

No Brasil, o contato com os clientes por telefone também é relativamente difundido (43%). Entre as pequenas empresas brasileiras, as mulheres têm maior probabilidade de usar publicidade on-line (36% x 27%), enquanto os homens têm maior probabilidade de usar um site que não seja de comércio eletrônico (24% x 15%) para divulgar seus negócios.

A importância da receita on-line para as pequenas empresas

Nesse ponto, é relevante entender a porcentagem de receita que as empresas obtêm por meio de canais on-line.

Vamos explorar como as pequenas empresas capitalizaram o potencial dos canais digitais e como essas receitas se tornaram uma parte cada vez mais significativa de seus ganhos totais.

Globalmente, 64% dos proprietários de pequenas empresas pesquisados informaram que obtêm até metade de sua receita anual por meio de canais de vendas digitais (52% no Brasil), enquanto 37% indicaram que geram entre 51% e 100% de sua receita por meio de canais de vendas on-line (48% no Brasil).

Quais são os desafios que as pequenas empresas enfrentam atualmente?

Em um ambiente de negócios cada vez mais competitivo, essas empresas emergentes enfrentam barreiras e obstáculos em suas operações diárias. Mas quais são, na opinião delas, os principais desafios que precisam enfrentar?

Em primeiro lugar, as pequenas empresas apontam o aumento do número de clientes como seu principal desafio futuro. Isso é altamente lógico: em um mercado competitivo e em constante evolução, a aquisição de novos clientes torna-se essencial para expandir a base de receita e garantir a sustentabilidade dos negócios.

A fidelidade do cliente também é crucial para o sucesso e a estabilidade das pequenas empresas em longo prazo. Ela envolve não apenas compras recorrentes, mas também uma conexão emocional com a marca, recomendações positivas e maior envolvimento em programas e promoções.

Por esse motivo, aumentar a fidelidade do cliente é o segundo desafio para as pequenas empresas em todo o mundo.

A otimização dos custos, o aumento da visibilidade dos negócios e a melhoria dos processos internos completam a lista dos cinco principais desafios das pequenas empresas em todo o mundo.

Observatório Digitalização Infográfico Godaddy

Principais conclusões do Data Observatory 2023

O cenário das pequenas empresas é caracterizado pela diversidade e adaptabilidade. Os resultados do estudo revelam um espírito empreendedor em várias partes do mundo, como Brasil, Colômbia e Índia.

A importância dos canais digitais, tanto em seu uso quanto em sua lucratividade, é cada vez mais significativa. Seu papel crescente na obtenção de visibilidade, na atração de novos clientes e na promoção da fidelidade do cliente é inegável no mercado atual.

Em um mercado altamente competitivo, destacam-se a importância da transformação digital e a capacidade das pequenas empresas de se adaptarem a um cenário de negócios cada vez mais digitalizado.

Na GoDaddy, temos o compromisso de apoiar essas empresas e empreendedores a darem o salto para o mundo on-line, fornecendo-lhes as ferramentas e o conhecimento técnico necessários para facilitar essa transição.

A digitalização dessas empresas está se tornando uma prioridade e, agora mais do que nunca, é crucial investir nela.

Data Observatory 2023 - GoDaddy Brasil