Branding Advertisment Copyright Value Profile Concept

Branding: o que é? Como usar? Veja tudo sobre essa estratégia!

ArtigosCategoria
Tempo de leitura:9 min
Bruna Diniz

Seja você um empreendedor digital iniciante ou experiente, uma das maiores lições de casa é saber o que é branding. Isso porque o conceito norteia os caminhos da sua marca, desde a primeira impressão dos clientes às vendas. Mas, se ainda não parou para refletir sobre o assunto, fique tranquilo. 

Neste artigo, você vai descobrir as melhores dicas com quem entende muito sobre estratégia de branding. Aliás, a GoDaddy fez uma entrevista mais do que especial com a Ellen Medeiros, criadora do Branding Lab. 

Para quem não sabe, o projeto contempla perfis em redes sociais e produção de e-books. Tudo para compartilhar os melhores elementos de uma estratégia de branding. Que tal aproveitar todas as indicações e fazer seus negócios crescerem também? 

A Ellen falou não só sobre o que é branding no marketing, mas também a respeito de criar conteúdo na internet, abrir o próprio negócio e ter um site. Não perca! 

O que é branding? Como você o define com suas próprias palavras?

Construção de universo! O marketing branding é exatamente essa percepção e sensação geral da pessoa em relação à sua marca e, para isso, é preciso existir toda uma construção de universo, gerar uma atmosfera envolvente, fazer com que o cliente se envolva, se encante, sonhe e tenha uma conexão com você muito além do seu produto. 

É preciso vir primeiro com uma ideia e só depois com o produto. É fazer o cliente se apaixonar por você, pela sua aura e não simplesmente pelo produto. 

Quando você constrói um universo de marca, pode vender qualquer coisa. E, quando falamos de estratégia branding, cada pequeno detalhe importa e tudo o que fazemos está contribuindo para essa construção. É um trabalho minucioso, pensado e estruturado, mas muito delicioso de se fazer. 

Existe uma frase que diz: “Toda marca tem clientes, mas nem todas têm fãs”. E eu só consigo pensar em uma verdadeira construção de marca quando visualizo fãs envolvidos em um propósito claro naquele lugar.

Agora que já sabemos o que é branding, qual a importância disso para empreender na internet?

1000%! Na verdade, o branding precisa estar na cabeça do empreendedor desde o primeiro dia. Ele pode até começar e conseguir crescer por um certo tempo sem usar estratégias de branding, mas uma hora ele terá que voltar e reestruturar. 

É o que vemos acontecer com a maioria dos empreendedores, pois muitos ignoram essa parte do processo de criação de uma empresa. Eles saem do plano de negócios direto para o plano de comunicação e esquecem de estruturar a base de geração de valor e construção do universo. Aí, quando se dão conta, precisam voltar e fazer o trabalho que deveria ter sido feito desde o início. 

“Não é necessário muito dinheiro para começar, o importante é ter consciência e ir construindo a marca aos poucos, utilizando as ferramentas disponíveis ao seu redor para, então, ir evoluindo.”

Quais são os pilares para a criação de conteúdo digital?

Criar conteúdo digital é praticamente uma ciência. Você precisa entender de muitos pontos e, principalmente, entender sobre si mesmo e como vai se comunicar com seu público. Acho que essa é uma das partes mais desafiadoras para todas as empresas e empreendedores. 

“Como ajustar o tom da voz? Como criar algo interessante e útil ao mesmo tempo? Como engajar as pessoas no meu conteúdo? São muitos questionamentos, mas que nunca teremos respostas iguais, pois cada empresa e empreendedor é diferente e só cabe a ele entender o seu viés de criação de valor no digital, sabe?” 

Então, eu separei aqui quatro pilares que considero cruciais (e que nunca acaba) pra quem está começando nesse mundo:

Raiz

Raiz é sobre entender quem você é e de fato fazer um processo de branding. Mesmo que seja um processo tímido e pequeno, o importante é ter o máximo de clareza possível sobre seu posicionamento; e isso só pode vir por meio de ferramentas de branding, questionamentos internos e desenvolvimento da proposta de valor além do produto. Faça algo sobre isso urgente! 

Curadoria

É preciso desenvolver um estilo de vida focado na curadoria de conteúdo. Você precisa ser alguém extremamente curioso e atento a tudo que está acontecendo, ter uma organização diária voltada para curadoria, pesquisar bastante e tirar as próprias conclusões sobre o que anda consumindo em termos de notícias. 

“Desenvolva os próprios processos de pesquisas, escolha bem suas fontes e CRIE a partir disso. Essa é uma das melhores formas de se diferenciar na criação de conteúdo e não cair no mais do mesmo.” 

Repertório 

Com esse estilo de vida de curadoria do tópico anterior, automaticamente, você já estará alimentando este tópico de ‘repertório’. 

Estar presente nas redes sociais, ler de diferentes fontes, ter novas experiências, conversar com pessoas diversas e fazer as próprias misturas de bagagem é o que vai fazer seu repertório crescer e, consequentemente, te dar novas ideias para conteúdos e formatos únicos e característicos seus! 

Ah, não ter medo de experimentar também é muito importante. Você pode seguir as orientações dos seus professores, mestres e gurus, mas experimentar a partir daquela sua intuição, do entendimento próprio do seu público, é uma das coisas que vai realmente te diferenciar nesse caminho da criação de conteúdo. 

Não se apegue muito às regras, o importante é ter o feeling certo!

Linguagem

Dentre tantos pontos, a linguagem é outro que quis destacar aqui. Você precisa falar a língua do seu público. Quando você entende isso, tudo muda. Muitas vezes, queremos criar um dialeto, achamos que nosso jeito de falar é interessante e, por isso, as pessoas nunca nos escutam. 

Faça pesquisas, converse diariamente e, só assim, você vai conseguir desenvolver uma linguagem mais assertiva! Mantenha uma coerência de comunicação e de tom de voz – não seja engessado, nem divertido demais, nem triste demais, veja a linguagem assim como você é na vida real – tem dias mais felizes, outros mais quietos e você deve conseguir fazer esse movimento no seu jeito de se comunicar na internet também! 

“A linguagem e voz são pontos importantes na expressão de uma marca e, automaticamente, na sua criação de conteúdo digital. Divirta-se durante o processo também!” 

O que você sabe hoje, mas gostaria de ter ouvido no início da sua carreira? 

Eu fui nascida e criada na CLT, então, nunca ninguém me disse: aprenda a vender pra si mesma! Nunca tive orientação de ninguém sobre a importância de saber vender, conhecer técnicas de copywriting e negociação, criar um posicionamento único e ofertar um produto que fosse meu. 

Mesmo trabalhando com marketing e comunicação a vida inteira, ganhando dinheiro através de um blog que tive durante 10 anos, meu pensamento e olhar eram sempre para aumentar as vendas da empresa em que eu trabalhava. 

Quando eu finalmente entendi que deveria usar tudo o que sabia para construir a minha própria empresa, tudo começou a mudar! Eu realmente decidi me aventurar no empreendedorismo e vem dando muito certo. :) 

“Então, se eu puder te dar um conselho hoje: aprenda a vender seus próprios produtos e tenha um projeto! Ah, e nunca dependa de uma única fonte de renda, certo?”

Qual a importância de ter um site para divulgar uma marca e vender?

Se você está jogando um jogo sério e profissional,  precisa ter um site. Ponto. É lá onde as pessoas vão te encontrar, saber mais sobre você e é o seu lugar no mundo! 

Você não pode depender de redes sociais para sempre. É preciso ter um lugar organizado com detalhes sobre seu trabalho, ofertas dos produtos, conteúdos exclusivos, seus contatos e tudo o que você defende enquanto marca. 

Eu não consigo visualizar uma marca que faz um trabalho sério sem um site e, claro, ele deve estar atualizado, bem cuidado, com alto valor estético e comunicando tudo o que você quer passar para o seu público. :) Também não adianta criar e deixar abandonadinho, certo? 

Tirando essa parte de ter um lugar no mundo, ter um site vai te possibilitar fazer mais vendas e ser visto através de produção de conteúdo com técnicas de SEO, o que ajuda a ser encontrado facilmente no Google. 

E você tem total controle sobre o seu conteúdo lá dentro – ou seja, não corre o risco de acordar e ter perdido tudo caso dê algum problema na sua rede social, beleza? Por isso, é mais do que crucial ter um site próprio! 

Estratégia de marketing branding é com a GoDaddy

Entendeu direitinho o que é branding no marketing digital? Se você leu os conselhos da Ellen até o fim, então, com certeza já bateu aquela vontade de botar a mão na massa e criar uma estratégia de sucesso na internet, não é verdade?

Nessa jornada, você pode contar com o Pacote de Marketing Digital da GoDaddy. Com ele, é possível construir a estratégia de branding do seu negócio, com uma presença forte e marcante em diversos canais, como: