Como abrir uma loja online: 10 passos para investir do jeito certo

ArtigosCategory
11 min read
Rafael dos Santos Munhos

Um dos grandes erros de quem deseja empreender online é seguir os passos de um varejo físico, isso porque os mercados são diferentes, a começar pela busca de fornecedores. Sendo assim, entender todos os detalhes de como abrir uma loja online pode facilitar o seu processo antes de colocar a mão na massa.

Em uma loja virtual, você constrói sua marca pensando em gerar boa clientela, de modo que eles voltem a comprar os seus produtos inúmeras vezes. O seu objetivo é fazer com que eles cheguem à sua loja e naveguem por ela, tornando-se uma experiência acessível e agradável.

De acordo com uma pesquisa da CupomValido, o Brasil lidera o ranking de crescimento de vendas online, com 22,2% somente em 2022. A estimativa é de que haja uma elevação de compras virtuais de 20,73% ao ano até 2025.

Em outras palavras, se você deseja entrar neste caminho, terá boas chances de se tornar um sucesso ao aplicar as regras que indicaremos a seguir.

Fique conosco até o fim e saiba como montar uma loja online agora mesmo.

Boa leitura!

O que é uma loja online?

Loja online é um site que permite a compra de produtos e serviços pela internet. Ela funciona do mesmo modo que uma loja física, contando com vitrines, seções e até área exclusiva para pagamento.

Ao acessar uma loja online, o cliente visita produtos, inclui itens no carrinho de compras, fornece seus dados de pagamento e envio, e recebe a encomenda no endereço solicitado.

Ou seja, administrar uma loja online é um processo menos burocrático do que estabelecimentos físicos, mas isso não significa que seja mais fácil.

Isso porque o lojista virtual precisa acompanhar de perto os indicadores, entendendo quais produtos têm melhor performance.

Além do mais, o processo logístico, que inclui desde a embalagem à entrega, deve ser bem alinhado para evitar atrasos e deterioração dos produtos.

Ao mesmo tempo, o empresário deve construir uma relação sólida com sua audiência para consolidar essa parceria e fortalecer sua marca no mercado, seja por meio de criação de conteúdo, oferecendo suporte ou aplicando pesquisas de satisfação.

Enfim, saber como abrir uma loja pela internet é fundamental para a realização de todo o processo que virá ao longo do caminho.

Benefícios de abrir uma loja online 

São diversas as vantagens de ter uma loja online. Confira as principais:

1. Investimento de baixo custo 

Pode ser muito barato abrir uma loja virtual do zero, basta investir em uma plataforma que ofereça período de teste gratuito e que, em seguida, você tenha acesso facilitado.

2. Funcionamento 24 horas por dia

A loja virtual possibilita que os clientes acessem os produtos todos os dias da semana, durante 24 horas e sem a necessidade de contar com alguém por perto. Além disso, eles podem tirar as próprias dúvidas no site e, se preciso, entrarem em contato com o atendimento no horário comercial.

3. Possibilidade de ter mais consumidores 

A internet faz com que os serviços virtuais tenham mais consumidores do que no formato físico. Mas, para isso, você deve investir em logística.

Sendo assim, analise transportadoras de qualidade e foque em fazer entregas dentro do prazo estipulado ou, se possível, com antecedência.

4. Facilidade para acompanhar os resultados 

Em uma plataforma virtual, todos os movimentos do consumidor ficam registrados na sua loja. Páginas de produtos acessados, itens adicionados no carrinho, botões clicados, facilitando para identificar o comportamento do cliente e, assim, melhorar a sua estratégia de fidelização.

10 dicas para abrir uma loja online 

Agora que você já conhece as vantagens, vamos ao que interessa: como abrir uma loja online. Veja as dicas:

1. Escolha um nome para sua loja virtual 

O nome da sua loja online deve ser único e inesquecível. Isso porque, diferentemente das lojas físicas em que é possível encontrar títulos iguais, no formato virtual a decisão deve ser sábia para fugir de duplicações. 

Pois, além de se destacar da concorrência, o nome deve estar disponível no domínio da sua loja virtual e nas redes sociais. Até porque se você escolher um nome já usado, dificilmente conseguirá criar um site personalizado.

2. Crie uma identidade visual para a sua loja 

Título decidido? Então, chegou a hora de projetar sua identidade visual.

As cores são primordiais para compor sua marca e logotipo. Sendo assim, estude o significado delas para que estejam de acordo com a proposta do seu negócio.

Tenha em mente que a identidade visual é importante porque transmite confiança, em especial se sua loja pretende ser profissional.

Você pode contratar um designer para criar seu logotipo ou usar ferramentas virtuais, como a GoDaddy Studio. Com nossa ferramenta, você pode criar conteúdos personalizados com designs incríveis. 

3. Registre o seu domínio 

Uma dica na hora de registrar o seu domínio é pensar, no mínimo, em ter duas extensões. Por exemplo, você pode escolher o "com." e o "com.br", pois muitos clientes digitam errado, o que acaba levando à desistência da busca.

Além disso, confira a disponibilidade do domínio o quanto antes. Se estiver livre, compre o mais rápido possível para evitar o interesse de outras empresas.

Neste caso, indicamos buscar o domínio da GoDaddy porque inclui proteção de privacidade gratuita ilimitado, suporte, fácil configuração e uma infinidade de extensões para você decidir, entre outras vantagens. E o melhor: ao contratar qualquer um dos planos, você recebe o Certificado SSL gratuito, pois nosso objetivo é fazer com que os clientes tenham 100% de segurança em seus sites.

Dica de leitura: Como ativar seu certificado SSL grátis na hospedagem WordPress 

4. Conecte o domínio com sua loja online 

Agora que você tem o registro do endereço do site, conecte-o com sua loja online. Cada endereço possui sua maneira de integração e, geralmente, é um processo de fácil execução.

5. Organize sua loja online 

A estrutura da sua loja está pronta e, nesta etapa, você precisa organizar os produtos como se fosse em “prateleiras”.

Crie categorias e subcategorias dentro da sua loja online para incluir os itens. Pense que quanto mais simples for a distribuição das categorias, mais fácil será a navegação do seu cliente.

Nessa etapa, além das categorias, reflita sobre a descrição dos produtos, evitando incluir somente especificações como medidas. Na hora de pesquisar o seu cliente, busque saber os detalhes, como origem, qualidades, tempo de uso etc.

Então, invista em descrições personalizadas, conte uma história, mostre os feedbacks de pessoas que compraram aquele produto com você. E claro, inclua imagens de boa qualidade e, se possível, vídeos que ensinam como montar ou usar um produto.

6. Configure os meios de pagamento 

Entre os principais detalhes de como abrir uma loja online, você deve se atentar às formas de pagamento. Elas precisam ser variadas, uma vez que hoje os clientes optam por estilos diferenciados que melhor atendem às suas necessidades.

PagSeguro, Mercado Pago e Paypal são alguns dos modelos mais utilizados, sendo estes serviços intermediadores entre o consumidor e você.

Eles são importantes para a decisão de compra, portanto, escolha aquelas que sejam capazes de gerar maior conforto e segurança na hora do cliente pagar.

7. Decida os formatos de envio 

Normalmente, esta etapa está integrada à configuração da logística da sua loja online. Ela definirá o valor do frete para o seu cliente.

Existem diversas maneiras de fazer a entrega dos produtos. As plataformas de lojas virtuais já oferecem a opção de envio pelos correios como padrão.

Mas você também pode configurar para alguma transportadora particular, basta adicioná-la na plataforma.

8. Adapte sua loja online para o mobile

Segundo um estudo realizado pela RankMyApp, mais de 54% das vendas de e-commerce vieram do mobile somente em 2021. Essa informação faz correlação com uma pesquisa que mostra que 92% dos brasileiros já fazem compras pelo celular.

Logo, configure sua loja online para facilitar o acesso dos clientes pelo aparelho. Não se  esqueça de recorrer a um site responsivo, em que sua formatação e design sejam idênticos aos de computadores, celulares e tablets.

9. Faça testes na sua loja online 

Com o site pronto, chegou a hora de experimentá-lo. Faça o passo a passo como se fosse um cliente. Navegue pelas categorias, adicione itens no carrinho, envie dúvidas para o chatbot para identificar erros e acertos.

Desse modo, você irá garantir a melhor experiência de usuário para os seus visitantes.

10. Divulgue sua loja online 

As pessoas precisam saber que sua loja online existe, correto?

Então, opte pelas melhores formas de divulgar seu trabalho. Invista em anúncios, marketing e redes sociais. Crie conteúdos interessantes para atrair seu público e, assim, direcione a audiência para sua loja virtual.

Conhecer técnicas de SEO também será importante para fortalecer a relevância do seu site de forma orgânica nos motores de busca, como o Google.

Por que obter um certificado SSL? 

O Certificado SSL é um certificado digital que autentica a identidade de um site, tornando-o seguro para o acesso dos usuários.

As empresas adicionam este certificado para proteger as transações online e manter a privacidade das informações dos clientes.

Em suma, o SSL mantém as conexões da internet seguras, impedindo a ação dos criminosos para hackear ou burlar dados.

É possível perceber o certificado por meio de um ícone de cadeado ao lado de uma URL na barra de endereços.

Ao validar o domínio da sua loja virtual, tenha o certificado SSL da GoDaddy, pois você economiza tempo devido à fácil instalação e dinheiro pelos tipos de pacotes e seus preços acessíveis. 

Vale frisar que ao adquirir um serviço de hospedagem da GoDaddy, você recebe o certificado SSL gratuitamente em qualquer um dos planos. 

Como montar uma loja online pela GoDaddy? 

Para saber como criar uma loja online pela GoDaddy, comece pensando no custo de um site sem os nossos serviços:

  • domínio: a partir de R$ 40,00 por ano, conforme a opção escolhida;
  • hospedagem: R$ 30,00 a R$ 120,00 por ano, dependendo do plano;
  • criação do site: a partir de R$ 2.500,00;
  • manutenção: R$ 100,00 a R$ 400,00 por mês.

Ou seja, o custo mínimo seria de R$ 2.670,00. A maior parte do valor é por conta do processo de criação do site, que envolve diversos profissionais.

Contudo, sabia que você pode se livrar desse custo e, ainda assim, construir um site de aparência profissional e de alta funcionalidade? Com a GoDaddy, é possível escolher gratuitamente um modelo para iniciar sua própria página na web.

Ao criar um site conosco, você tem:

  • acesso a modelos criados por designers especializados, com total responsividade;
  • ferramentas integradas de SEO, mídia social e e-mail marketing;
  • imagens profissionais gratuitas para incluir no seu site;
  • consultoria baseada em I.A. (Inteligência Artificial) feita pela GoDaddy, para te ajudar a ter mais presença online e impulsionar os seus resultados.

Tudo isso sendo completamente personalizável em poucos cliques e com diversas opções de expansão, como a possibilidade de criar uma loja online. Assim, seu custo mínimo para criar um site vai direto para R$ 170,00, o que pode variar conforme os serviços contratados!

Além do mais, nossa plataforma é inteligente e seu processo de desenvolvimento é intuitivo. Quando perceber, já estará tudo pronto!

Opte por essa facilidade para alavancar as vendas, inclusive viabilizando o pagamento via Mercado Pago, PayPal e cartões de crédito, gerenciando tudo de um dispositivo móvel. Não é sonho, é realidade!

Conheça agora mesmo o criador de sites da GoDaddy e descubra todo o potencial da sua presença online!