O que é copywriting? Entenda o significado e saiba como fazer textos atrativos

ArtigosCategoria
Tempo de leitura:7 min
Rafael dos Santos Munhos

Ser bom com as palavras e ter poder de persuasão são duas características que ajudam a alavancar o sucesso de um negócio. No entanto, nem todo mundo sabe como engajar pessoas ao escrever um bom texto. Por isso, é importante entender o que é copywriting e como funciona essa estratégia. 

Basicamente, copywriting tem a finalidade de convencer seu público a realizar determinada ação, com o intuito de engajar consumidores e aumentar o volume de vendas. Essa atitude pode ser integrada à venda, assim como a participação em uma pesquisa de satisfação. 

Mas, afinal, o que é copywriting no marketing digital e como aplicar a estratégia corretamente no seu negócio?  Vamos tirar suas dúvidas a partir de agora. Confira!

O que é Copywriting e como funciona?

Copywriting é a ação de produzir textos (sites, posts, ebooks, slogan ou e-mails), cujo objetivo é induzir sua audiência para uma tomada de decisão. Isso pode ser integrado à compra direta de um produto ou serviço, ou apenas promover uma ideia e oferecer conteúdo. 

Existe uma confusão entre copywriting e redação publicitária, pois os dois termos têm significados diferentes.

Do ponto de vista estratégico, copywriting usa um forte Call To Action (CTA) - link ou botão indica ao usuário o que ele deve fazer - para realizar um bom processo de vendas, enquanto a redação publicitária trata-se de um anúncio mais leve, ou seja, uma escrita voltada diretamente para vendas diretas.

Na prática, o copywriting surgiu da redação publicitária e, hoje, são conceitos complementares, com o uso de abordagens semelhantes. 

O que é um copywriter? 

Copywriter é um profissional que busca convencer as pessoas sobre determinado assunto. No universo do marketing digital, ele é fundamental para converter o público-alvo em clientes por meio de textos persuasivos. 

No geral, o que faz um copywriter? Entre várias funções, ele cria:

  • e-mail marketing: e-mails de vendas, de nutrição de leads e onboarding;
  • sites: descrição de produtos e home pages;
  • landing pages: textos de página de captura de leads;
  • campanhas online: anúncios para campanhas no Google Ads ou Social Ads, entre outros. 

4 principais técnicas de copywriting 

Agora que você já sabe o que é copywriting e a sua importância no marketing digital, entenda como as técnicas abaixo podem facilitar que você construa uma estratégia bem-sucedida. Confira!

1. Foque no seu público-alvo

Você deve conhecer para quem está escrevendo. Por isso, estipule o sexo, a ocupação, interesses, idade, hobbies e outras informações relevantes para entender o perfil e o comportamento das pessoas. Assim, você conseguirá construir um conteúdo com maior facilidade, abordando informações direcionadas que se aproximem da realidade da sua persona;

2. Construa títulos impressionantes 

O título é contato inicial do seu leitor com você, portanto, seja direto e efusivo. Use diversos formatos, como números e sugestões de perguntas. E não esqueça que ele deve ter a palavra-chave principal e até 55 caracteres.

3. Use verbos de ação

Utilizar verbos no imperativo pode ser sua principal arma para que o visitante do seu blog ou site siga suas ações. Como exemplos de copywriting:

  • título: saiba como ganhar dinheiro trabalhando menos;
  • intertítulo: analise nossas dicas;
  • CTA: baixe nosso ebook e tire todas as suas dúvidas sobre como trabalhar menos do que você está acostumado e ganhar mais.

4. Trabalhe seu poder de persuasão: 

A persuasão é uma ótima estratégia de copýwriting. Existem alguns princípios psicológicos que ajudam a aumentar sua capacidade de convencimento. Conheça algumas:

  • reciprocidade - se deseja que o comprador ideal faça algo por você, entregue algo relevante para ele primeiro;
  • prova social - depoimentos e cases de sucesso são essenciais para aumentar a credibilidade do seu conteúdo;
  • afeição - como somos acostumados a nos aperfeiçoar a pessoas que se parecem conosco, contar a história de alguém que sirva de exemplo pode facilitar o processo de fidelização de clientes;
  • coerência - quando o ser humano se compromete publicamente com algo, ele se sente pressionado psicologicamente para entregar o resultado proposto.

Só preste atenção para não exagerar na hora de usar as técnicas de copywriting. As histórias e exemplos devem ser convincentes e não cansativos ou fantasiosos demais para não deixar o leitor enjoado da sua intenção.

Quais são os gatilhos mentais para vendas?

Os gatilhos mentais são recursos do cérebro usados para facilitar a tomada de decisões. Para um copy, não há necessidade de usar todos, o importante é que sejam empregados corretamente de acordo com o objetivo da empresa.

Por exemplo, se sua meta é vender algum produto, use a autoridade e a prova social, já no caso de mandar um e-mail marketing, tente o de escassez para fazer com que o leitor compreenda a falta de não ter o produto.

Além desses citados, existem outros gatilhos mentais, tais como:

  • urgência: determina limite de tempo para fazer compras, gatilho usado em promoções relâmpago, por exemplo;
  • novidade: apresenta produtos e ideias inovadoras;
  • antecipação: gera expectativa nos consumidores em relação a novos produtos;
  • afeição: remete a afinidade e proximidade entre a marca e o público;
  • exclusividade: desperta o sentimento do cliente de ser o mais importante;
  • storytelling: conecta pessoas por meio da habilidade de contar histórias, entre outros.

Técnicas para usar os gatilhos mentais

A.I.D.A.

  • Atenção: desperta a atenção do cliente;
  • Interesse: mostra como soluciona um problema;
  • Desejo: ressalta os benefícios do seu produto;
  • Ação: direciona o cliente para a conversão.

P.A.S.

  • Problema: foca na dor do usuário;
  • Agitação: mostra que o problema do lead é importante para sua empresa;
  • Solução: apresenta sua solução e revela como o problema será resolvido.

Assista a este vídeo e tenha 6 dicas infalíveis de copý para vendas:

Gatilhos mentais para vendas: 6 dicas INFALÍVEIS de copy para vendas ???? | GoDaddy Brasil

Como usar copywriting no Instagram? 

O grande objetivo de usar o copywriting no Instagram é acertar a abordagem para chamar a atenção do seu público, engajando-o para realizar alguma ação. Outra vantagem deste canal de comunicação é que o algoritmo recompensa os conteúdos mais engajados, proporcionando mais alcance. 

Neste caso, você pode usar o copy nos seguintes lugares:

  • bio;
  • posts e reels;
  • stories;
  • lives;
  • destaques.

Diante disso, para usar corretamente copywriting no Instagram:

  • inclua emojis para representar as áreas de atuação;
  • aposte em duas ou três hashtags que façam sentido para seu público;
  • use palavras-chave certas, como em um texto para blog ou site.

Como criar copy persuasivo com a GoDaddy?

Quando se descobre o que é copywriting, entende-se por que é importante utilizar suas técnicas. Cada empresa tem sua proposta: uma pode querer aumentar o engajamento do público, outra pensa levar os clientes a conhecerem um novo produto, bem como existe a possibilidade de incentivar para que baixem algum material rico.

Se alguma destas é a sua intenção, você pode atrair seus clientes com a ajuda da GoDaddy.

O nosso pacote de marketing digital tem todas as ferramentas para que sua empresa se mantenha conectada com seus clientes. O sistema possibilita que você gerencie suas redes sociais, anúncios e e-mails em um único painel.

Quer mais conteúdos sobre o tema? Leia o blog da GoDaddy para mais dicas para impulsionar o seu negócio na internet! 

Produtos Utilizados