O que Você Pode Fazer para Melhorar a Posição do seu Site e Atrair mais Clientes

ArtigosCategoria
Tempo de leitura:5 min
Bruna Diniz

Se você tem um site, mas ainda não começou a investir em tráfego orgânico, a chance do seu sucesso pode estar indo por água abaixo. Afinal, a jornada de compra, seja de um produto ou serviço, muitas vezes, começa com pesquisas realizadas nas páginas de busca. Outro ponto de destaque é que os resultados que aparecem no topo da tela recebem mais cliques. Por isso, você deve sempre buscar caminhos para melhorar a posição do seu site nos mecanismos de pesquisa.

Ficou interessado no assunto? Então, confira todas as dicas para você aparecer no ranking de resultados e, assim, conquistar mais clientes! 

Como funciona a classificação dos motores de busca? E como melhorar a posição do seu site? 

Vamos supor que uma pessoa digite no Google “calçados femininos” e, abaixo dos anúncios, apareçam várias e-commerces do segmento. Por que será que a loja X aparece em primeiro lugar e a loja Y fica na última posição? A resposta é otimização do site com base na experiência do usuário. 

O que acontece é que, para estabelecer a lista, os sites de busca (Google, Yahoo, Bing, Ask.com, Baidu, entre tantos outros) fazem uma varredura por todas as páginas virtuais. Aquelas que possuem mais fatores otimizados, ganham mais pontos e, assim, aparecem melhor no ranking. 

Mas, afinal, o que fazer para melhorar a posição do seu site? Podemos adiantar que o UX (User Experience) é a alma do negócio. Confira as principais soluções:

Invista em SEO

O SEO (Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca) indicam boas práticas para melhorar a navegabilidade de qualquer página virtual e, consequentemente, melhorar a experiência dos internautas. Dentro desse campo de conhecimento existem duas esferas: os princípios onpage e off-page. 

Fatores onpage

Todo especialista em SEO, primeiramente, pode te indicar os fatores onpage que são cuidados feitos dentro do seu próprio site. Então, o foco é fazer as seguintes ações: 

  • meta title e meta description — o primeiro é referente ao nome que a sua casa virtual aparece nos sites de busca. Já o segundo é a espécie de resumo exibida abaixo do título. É importante que ambos tenham palavras-chave e tenham uma semântica atraente; 
  • títulos e subtítulos divididos entre H1, H2 e H3 — estabeleça chamadas simples, claras e objetivas para a home, departamentos, categorias e produtos. Os termos-chave também são fundamentais nessa parte; 
  • URLs amigáveis — como é o endereço do seu site? É imprescindível que ele também tenha palavras-chave, que deixe claro sobre o que se trata a página on-line. Além disso, deve ser fácil de memorizar e digitar. 

Fatores off page

Ao contrário do caso anterior, os fatores off-page são aqueles estabelecidos fora da sua página on-line. Mas que, apesar disso, ajudam a aumentar a relevância e a melhorar a posição do seu site. Isso pode ser feito por meio de parcerias com blogueiros e youtubers. 

Aliás, o marketing de influência está cada vez mais em alta. Então, vamos supor que você tenha um e-commerce de moda infantil. É possível fechar parcerias com blogueiras que falem sobre maternidade. A intenção é que elas usem o link da sua loja on-line em um ou mais posts de blog. Só tenha a certeza de que os outros sites são seguros e de qualidade. 

Além disso, também é importante usar os links da sua página em redes sociais, como Facebook, Instagram, LinkedIn, etc. 

Produza conteúdos originais e de qualidade

O carro-chefe da otimização de sites, sem dúvidas, é a produção de conteúdos únicos e relevantes. Assim, procure por bons redatores com noções de SEO para criar textos destinados a home, além de páginas de produtos, categorias e departamentos. É essencial que cada parte tenha um conteúdo único, com palavras-chave e, também, dividido entre tópico e subtópicos. 

Outra solução é criar um blog e produzir artigos de topo, meio e fundo de funil. Ou seja, com temas genéricos a assuntos que tratem sobre seus produtos e serviços específicos. Os conteúdos também ajudam a aumentar a relevância da sua marca no segmento em que atua. 

Garanta a responsividade

Melhorar a posição do seu site também tem a ver com responsividade. Este termo significa que uma página virtual roda perfeitamente em desktop e em dispositivos móveis. Para isso, você deve estar atento ao tempo de carregamento da sua página on-line. O próprio Google recomenda que o máximo deve ser dois segundos. 

O tamanho das imagens também é crucial, não use arquivos muitos pesados. Já os botões precisam ter dimensões suficientes para que o usuário consiga apertar quando navega por celular ou tablet. 

No caso de e-commerces, os cuidados ainda se estendem para um sistema de carrinho e checagem de comprar simples, objetivo e intuitivo. Seguindo todas essas dicas para melhorar a posição do seu site, certamente, os resultados serão excelentes. 

Gostou deste artigo? Confira as soluções da GoDaddy para criação de páginas já otimizadas. Para outras dicas, continue navegando pelo blog