Video Marketing: o que é? Veja como ele pode melhorar sua estratégia digital

ArtigosCategoria
Tempo de leitura:9 min
Alisha Shibli

O vídeo, como meio visual, está entre os formatos de conteúdo que trazem mais satisfação para o ser humano. Não por acaso, estudos dizem que em 2022 os vídeos serão responsáveis por 82% do tráfego digital. Isso leva métodos, como o  vídeo marketing, a terem enorme influência nas estratégias online.

O poder do vídeo como a ferramenta mais eficaz para contar histórias não escapou ao mundo da publicidade. Na verdade, agora mais do que nunca, à medida que a concorrência aumenta e a capacidade de conquistar atenção diminui, as marcas fazem bem ao eleger o vídeo como o pilar central de sua estratégia de marketing.

Depois de construir uma forte presença online através de um nome de domínio relevante e um site profissional, além de perfis profissionais e uma estratégia para as redes sociais, é importante pensar em meios de maximizar a produção e o alcance dos vídeos tornando sua marca ainda mais conhecida. E uma boa estratégia de vídeo marketing pode incluir:

  • ‘Como fazer’/ tutoriais;
  • Guias ou demos de produtos/serviços;
  • Transmissão ao vivo;
  • Webinários;
  • Influenciadores;
  • Vlogs;
  • Avaliações/depoimentos de clientes;
  • Perguntas e respostas ou entrevistas (em tempo real ou gravadas);
  • Apresentações. 

Por que vídeo marketing?

O vídeo se destaca como uma ferramenta para envolver seus clientes por vários motivos. Separamos então 5 motivos que justificam a criação de vídeo marketing como prioridade no seu negócios:

1. Seus clientes estão assistindo

O vídeo é a forma de conteúdo mais consumida na Internet. De acordo com este relatório de 2019, as pessoas gastam em média 6 horas e 48 minutos por semana assistindo a vídeos online. Na verdade, outro relatório estima que, em 2022, 82% do tráfego da internet virá de streaming de vídeo e downloads, segundo o Cisco.

2. Aumenta o envolvimento com a marca

A própria natureza do vídeo como meio inspira um maior envolvimento. Quando as pessoas são capazes de realmente ver do que se trata uma marca, seja por meio de recursos do produto, tutoriais ou uma mensagem ao vivo de um especialista da equipe, é mais provável que queiram aprender mais sobre a marca em comparação com, por exemplo, quando leem um artigo.

3. Educa e informa seus clientes

Um relatório de 2020 sobre vídeo marketing tem insights interessantes sobre o comportamento do consumidor em relação aos vídeos. Enquanto 84% das pessoas disseram que foram convencidas a comprar um produto ou serviço depois de assistir ao vídeo de uma marca, 66% disseram que prefeririam aprender mais sobre um produto ou serviço por meio de um vídeo em comparação a outros tipos de conteúdo

4. Ajuda no marketing boca a boca

De acordo com um estudo do Wyzowl, as pessoas têm duas vezes mais chances de compartilhar vídeos em comparação a qualquer outra forma de conteúdo.

 Quando as pessoas compartilham o vídeo de sua marca em seus perfis de redes sociais para que seus amigos e familiares vejam, isso resulta em uma fantástica oportunidade de marketing boca a boca, que continua sendo a forma mais autêntica e eficaz de marketing até hoje.

5 Dicas de criação de vídeo marketing

Agora que você entendeu o que é vídeo marketing, que tal cinco dicas de como botar esse conhecimento na prática? Confira abaixo!

1. Determine seus objetivos

Antes de começar a criar vídeos, você deve ter certeza do que deseja que eles alcancem para você. 

Essas metas determinam que tipo de vídeo você deseja fazer e quais tópicos deseja abordar. Por exemplo, vídeos sobre tópicos em alta ou palavras-chave populares relacionadas ao seu setor e produtos podem direcionar o tráfego orgânico para seu site.

Vídeos virais e vídeos ao vivo têm uma alta taxa de engajamento, o que pode ajudá-lo a ganhar mais seguidores. Vídeos de influenciadores, vídeos com especialistas do setor e vídeos de instruções e tutoriais de produtos são ótimos para educar o cliente e aumentar as vendas.

2. Saiba o que seu público deseja ver

As necessidades, preferências e hábitos de consumo de conteúdo do seu público guiarão sua estratégia de vídeo junto com seus objetivos. Você pesquisa por meio de pesquisas e engajamento direto para saber o que eles querem ver. Você pode entrar em contato com seus clientes existentes para obter seus comentários sobre seus produtos e sobre o que eles desejam saber mais, como os principais recursos do produto, como usá-los ou como mantê-los.

Procure vídeos relacionados ao seu setor e veja que tipo de engajamento eles estão recebendo. Separe seu público em segmentos e analise que tipo de conteúdo eles estão consumindo e como.

Por exemplo, jovens profissionais que trabalham podem gravitar em torno de vídeos mais curtos, às vezes até assistindo vídeos no modo mudo (o que significa que seus vídeos podem incluir textos curtos e imagens).

3. Obtenha ajuda profissional

Com tanto conteúdo na Internet, você não pode comprometer a qualidade. Tudo, desde seu roteiro até seus visuais e sua edição, precisa ser de alta qualidade para manter o público envolvido. Além disso, quanto melhores forem seus vídeos, mais inclinado seu público estará a compartilhá-los por conta própria.

A produção de um bom vídeo é uma habilidade de nicho e também altamente técnica. 

Se você não tem profissionais de conteúdo de vídeo em sua equipe de marketing, considere contratar uma agência ou freelancers para colaborar. Dependendo das habilidades de sua equipe interna, isso pode incluir roteiristas, cinegrafistas e editores. 

Lembre-se de que diferentes plataformas suportam diferentes formatos e proporções, portanto, você precisará de orientação profissional para criar vídeos versáteis que podem ser facilmente adaptados a diferentes plataformas.

Dito isso, nem todos os vídeos precisam de uma configuração elaborada e altos custos de produção. É possível também fazer marketing em vídeos altamente envolventes por meio de telefones celulares e tablets que possuem câmeras de boa qualidade, desde que você tenha um gancho forte e um ótimo roteiro. 

Na verdade, a maioria dos influenciadores usa as câmeras de seus telefones para fazer seus vídeos!

4. Sempre tenha uma “call-to-action

Cada vídeo é feito com determinados objetivos em mente. A realização desses objetivos depende do que o seu público faz depois de ver o vídeo. 

Isso não é algo que você deva deixar ao acaso. Orientar seu público sobre as próximas etapas desempenha um papel importante no sucesso de sua estratégia de vídeo.

Certifique-se de que cada vídeo termina com uma call-to-action relevante. As call-to-actions (CTAs) mais comuns são pedir aos espectadores que curtam e comentem o vídeo e se inscrevam em seu canal. 

Mas você também pode pedir que compartilhem o vídeo em suas contas de mídia social ou visitem seu site para obter mais informações. 

Você pode até mesmo direcioná-los para sua loja online, dando-lhes um código de cupom de desconto aplicável na primeira compra. 

Se estiver publicando um vídeo de visualização de um de seus próximos produtos, você pode direcionar as pessoas para uma página de encomenda. 

O que quer que você escolha fazer, o objetivo é maximizar o impacto de seu vídeo marketing, incentivando os espectadores a realizarem as ações necessárias enquanto ainda estão envolvidos.

5. Promova em todos os canais

A criação de um vídeo requer um investimento significativo de tempo, esforço e dinheiro. Depois de ter seu vídeo pronto, você deseja ter certeza de que ele atinja o maior público possível, por isso é importante criar vídeos que possam ser adaptados a diferentes formatos e proporções.

Isso também se aplica a vídeos ao vivo que podem ser salvos e carregados nas propriedades de sua marca para que todos possam ver como e quando quiserem.

Aqui estão algumas plataformas onde você deve considerar compartilhar seu vídeo:

  • Contas de redes sociais, como Facebook, Instagram, Twitter, YouTube e LinkedIn
  • O site da sua empresa, como vídeos de instruções em páginas de produtos relevantes e/ou blog

  • Emails enviados para seus assinantes
  • Postagens em outros sites de conteúdo oficial
  • Comunicados de imprensa 

Conclusão: por que investir em marketing de vídeo?

Em última análise, sua estratégia de marketing de vídeo depende de seus objetivos, seus clientes e seu orçamento de marketing. 

Mas não há como negar o fato de que vídeos de boa qualidade, envolventes e compartilháveis geram o maior retorno sobre o investimento em comparação com outras mídias. 

Não incorporar vídeos como um componente significativo de sua estratégia de marketing resultará na perda de um grande segmento de sua base de clientes para os concorrentes. 

Falando nisso, se você quer realmente fortalecer sua marca na internet e impulsionar a presença dela em diferentes canais, como o e-mail, as redes sociais, o Google, dentre outros, você precisa conhecer o Pacote de Marketing Digital da GoDaddy.

Essa ferramenta vai te dar todos os recursos necessários para que você faça bonito em todos esses espaços e desenvolva uma boa visualização para seus conteúdos e um relacionamento duradouro com seus consumidores.

Comece gratuitamente agora mesmo!

Gostou do conteúdo? Para aprender mais sobre as novidades do mercado continue acompanhando o blog da GoDaddy Brasil!