4 pilares de como fazer e-mail marketing com eficiência!

ArtigosCategoria
Tempo de leitura:10 min
Rafael Queiroz Bastos

Saber como fazer e-mail marketing é o segredo de muitos negócios, independentemente do segmento. Segundo um estudo da The Radicati Group, até 2022, teremos de 4,2 bilhões de usuários de e-mail no mundo.

Ou seja, imagine essa quantidade de pessoas conectadas. Se você tem um perfil empreendedor, certamente está enxergando como uma ótima oportunidade de criar negócios. Afinal, onde há audiência, também existe a chance de transformá-la em lucratividade, não é mesmo?

Mas, para que você consiga bons resultados, é preciso dar os passos certos e a GoDaddy vai ajudar nisso.

Conheça o Pacote de Marketing Digital da GoDaddy!

O que é e-mail marketing? Exemplos 

O e-mail marketing consiste em uma estratégia de divulgação e relacionamento entre uma marca e seu público-alvo que utiliza o e-mail como canal de contato e interações. 

Esse modelo de campanha geralmente é direcionado para leads da empresa, isso é, uma base de possíveis clientes que concordaram em compartilhar o endereço de e-mail para receber contatos da marca.

A partir dessa ponte criada com um lead, a marca pode padronizar e personalizar campanhas de acordo com cada segmento de cliente, como onboarding, ofertas promocionais, conteúdos informativos e muito mais.

O e-mail marketing, portanto, consiste em um modelo de relacionamento mais direto, pessoal e íntimo com o consumidor. Dessa forma, é possível enviar interações mais direcionadas com suas dores e voltadas a construir uma relação a longo prazo de clientes fidelizados.

E qual o principal modelo de e-mail marketing? Não dá para definir um único modelo como principal, pois cada modalidade tem sua função e pode ser mais apropriada em situações específicas. Veja abaixo alguns exemplos de e-mail marketing:

  • Newsletter: jornal de conteúdo que leva informações à caixa de entrada do usuário de forma periódica;
  • Promocional: divulgação de cupons de descontos, ações de cashback e download de conteúdos ricos, como ebooks, webinars, dentre outros;
  • Informacional: anúncio de novo catálogo de produtos, lançamentos de coleções ou até projetos da marca;
  • Transacional: disparos automáticos após alguma ação do cliente, como e-mail de boas-vindas ao realizar cadastro no site e onboarding com instruções do produto após a realização de uma compra.

Como fazer e-mail marketing?

Os primeiros passos de como criar um e-mail marketing são bem simples. Confira!

  1. Crie um domínio de e-mail profissional
  2. Segmente sua base de contatos
  3. Crie templates personalizáveis
  4. Defina uma estratégia clara para cada campanha
  5. Inicie os disparos

Vamos falar um pouco sobre cada uma delas

1. Crie um domínio de e-mail profissional

Definir um nome de domínio próprio é uma das principais dicas eficazes para sua campanha de e-mail marketing. 

Dessa forma, ao entrar em contato com o cliente, o endereço de e-mail da marca vai vir com o próprio nome da empresa após o @ em vez de estampar provedoras de correio eletrônico, como Gmail, Yahoo, entre outras.

Isso é excelente para reforçar a lembrança da sua marca e ainda trazer mais credibilidade para os disparos enviados. 

Por exemplo, um cliente não terá credibilidade se travar contato com um endereço chamado “fulano@provedor.com.br”. Entretanto, caso a marca identifique-se com “atendimento@godaddy.com.br”, a situação é bem diferente. 

Crie um e-mail profissional agora mesmo com a GoDaddy

2. Segmente sua base de contatos

A segmentação da sua base de contatos é fundamental para que a sua estratégia ofereça uma experiência mais personalizada e agradável ao cliente.

Por exemplo, você pode segmentá-los de acordo com a etapa da jornada de compra que ele se encontra. 

Afinal, as mensagens enviadas para um lead que acabou de oferecer seus dados para baixar um material rico é diferente daquela enviada para consumidores frequentes ou até aqueles que interagiram com a marca durante um tempo, mas nunca finalizaram o negócio.

A ideia, portanto, é contemplar esses consumidores com conteúdos certeiros e direcionados, pois essa é qualidade que só o e-mail pode oferecer.

3. Crie templates personalizáveis

Outro passo fundamental de como fazer e-mail marketing é a criação de templates e artes que dêem identidade visual às comunicações da marca. 

O ideal é pensar em templates padrões para determinados tipos de mensagem, de modo que tanto a marca seja facilmente identificada, como também para tornar os disparos mais atraentes e chamativos para os usuários.

Caso você não tenha conhecimentos de design gráfico, você ainda sim pode criar templates customizados e profissionais com o GoDaddy Studio, ferramenta simples e intuitiva para criação.

4. Defina uma estratégia clara para cada campanha

Público segmentado e templates criados? Agora chegou a hora de desenvolver campanhas específicas para cada tipo de público. 

Campanhas de newsletter, por exemplo, são voltadas para que o público sinta-se atraído pelo universo da marca e por informações interessantes e educativas. 

Nesse caso, não há divulgação de ofertas comerciais mais agressivas, mas apenas o compartilhamento de conteúdos interessantes que toquem em dores específicas do usuário.

Já e-mails promocionais, por exemplo, demandam um layout mais caprichado e técnicas de copywriting mais agressivas para incitar o leitor a tomar uma decisão, seja de compra ou simplesmente para baixar um conteúdo rico.

5. Inicie os disparos

Chegou a hora de botar a mão na massa e iniciar os disparos. Com uma boa ferramenta de e-mail marketing, você consegue automatizar esses processos para minimizar erros e maximizar sua performance.

Os disparos são automatizados de acordo com a segmentação da base de contatos e as ações tomadas por eles. 

Por exemplo, se um cliente realiza uma compra, um e-mail transacional já é enviado para sua caixa de entrada instantaneamente. Assim como as newsletters também são enviadas automaticamente após a publicação para os usuários que são cadastrados para recebê-las.

Quais são os 4 pilares do e-mail marketing?

Existem algumas boas práticas para que as empresas consigam se comunicar bem por meio deste canal. Dentre os quatro pilares que enumeramos, podemos citar:

  1. Evite spam com uma base de contatos “limpa”
  2. Desenvolva uma estratégia de conteúdo segmentada
  3. Estabeleça um cronograma viável
  4. Utilize uma boa ferramenta de automação de e-mails

As pessoas estão cada vez mais ligadas aos dispositivos eletrônicos e chegar até elas pode parecer simples, já que o computador está a poucos palmos de distância e o smartphone está em suas mãos. 

Porém, se você não souber com quem falar, como se aproximar e até mesmo quando fazer isso, terá uma certa barreira.

1. Evite spam com uma base de contatos “limpa”

Se o assunto é como fazer e-mail marketing, fica claro que os disparos serão feitos para alguma base (lista de endereços eletrônicos). Mas, como conseguir contatos de pessoas para receber seus conteúdos?

Por mais que tenha se tornado comum falar sobre “comprar lista de e-mails”, não caia nessa. Primeiro porque não é ético. As pessoas precisam aceitar fazer parte da sua base.

Segundo porque sua empresa pode incomodar e ser invasiva ao enviar algo para quem não deseja receber. O resultado pode ser um efeito contrário ao que você espera, gerando até mesmo rejeição.

Estes dois pontos já demonstram que não é indicado comprar e-mails, correto? Mas, indo ainda mais fundo, por mais que fosse correto fazer essa ação, ainda assim, quem poderia garantir que essa base estaria realmente interessada em seu negócio e nos assuntos relacionados a ele?

Portanto, o melhor é que você mesmo construa sua lista de e-mails. Isso implica em criar campanhas de marketing nas redes sociais, em seu site ou landing pages para capturar os leads, que são contatos em potencial.

O que acha de oferecer materiais ricos — e-books, infográficos, planilhas, entre outras opções de itens que geram valor — em troca do e-mail do seu público?

Essa é uma maneira de conquistar as pessoas certas. Afinal, se elas têm interesse em algo que aborde assuntos relacionados aos seus produtos ou serviços, também poderá se tornar um cliente.

2. Desenvolva uma estratégia de conteúdo segmentada

Agora que já tem sua base de e-mails, o que vai enviar para ela? Uma das principais dicas de como fazer e-mail marketing é criar uma estratégia cuidadosa para seus disparos.

Muitos empreendedores e empresários acreditam que devem enviar muitas ofertas sobre seus produtos e serviços. Essa é uma ótima ideia, mas não deve ser seguida como a única.

Imagine que você cedeu o seu contato para receber conteúdos de alguma marca, mas diariamente ela envia para sua caixa de entrada mensagens sobre produtos, promoções, benefícios de comprar seus itens, mais ofertas, novamente produtos, mais sobre a marca e tudo relacionado a ela. Cansativo, não é mesmo?

É importante investir tempo em um planejamento para seu marketing de conteúdo. A maneira como você vai falar com o público-alvo faz a diferença. Afinal, sua linguagem é a porta de entrada e é essencial para conquistar o cliente. Além disso, o que você vai comunicar por meio das mensagens pode fidelizar, e essa é a ideia principal!

Intercale seus disparos entre ofertas e mensagens com temas que sejam relevantes para o perfil de pessoas que farão a leitura. Estude quem receberá as mensagens e envie algo que seja útil e que, direta ou indiretamente, tenha ligação com o que você vende.

Para desenvolver melhor sua estratégia, conheça a jornada do consumidor e crie um fluxo que seja tático.

3. Estabeleça um cronograma viável

Um bom truque de como fazer e-mail marketing é estabelecer um cronograma viável. Você não precisa fazer disparos todos os dias. Tudo dependerá da sua estratégia e da forma como suas ações estão estruturadas.

É necessário criar um planejamento de cada etapa de e-mails que enviará. Assim, você terá uma visão completa do que precisa preparar com antecedência e não corre o risco de deixar lacunas abertas.

4. Utilize uma boa ferramenta de automação de e-mails

Gostou de conhecer as dicas da GoDaddy sobre como fazer e-mail marketing na sua empresa? Agora você precisa colocar em prática e nós podemos ajudar você.

Com o criador de sites você consegue — de maneira simples e intuitiva — desenvolver sua própria página da web, sem precisar saber programar. Não é incrível? Assim, sua estratégia de captação de leads poderá ser executada sem dificuldades!

Depois, para disparar suas mensagens, conte com o Pacote de Marketing Digital da GoDaddy. Lá você terá todos os insumos necessários para brilhar não só no e-mail marketing, mas também em todos os outros canais mais relevantes do mundo digital, como o Google e as redes sociais.

Comece gratuitamente agora mesmo!

Produtos Utilizados