Conheça os 4 principais tipos de hospedagem de sites!

ArtigosCategory
9 min read
Rafael Queiroz Bastos

Se você está pensando em abrir um site para seus negócios, eventualmente irá se deparar com uma pergunta: quais os tipos de hospedagem de sites que existem e qual é o mais adequado? 

Caso você não saiba, a hospedagem é o serviço que vai garantir a estrutura de um servidor para que você possa construir as bases do seu site para que ele se torne operacional. 

Diante disso, nós vamos te ajudar a compreender as especificações técnicas dos principais formatos e tipos de hospedagem de site para que, assim, você consiga tomar a melhor decisão para sua casa digital!

Além de apresentar os principais tipos de hospedagem de sites, vamos falar também sobre outros recursos importantes para a criação de um site, como o registro de um nome de domínio e uma ferramenta simples e completa de criação de interfaces.

Preparamos esse conteúdo para explicar para você direitinho o que é hosting e quais tipos existem para que você possa escolher a melhor opção para o seu site. Curioso? Então leia o conteúdo até o fim!

Quais são os tipos de hospedagem de sites?  

Afinal, o que é hosting e quais tipos existem? Caso você não saiba, hosting é o termo inglês para hospedagem. 

Hospedagem de sites é o serviço de contratação de um espaço em um servidor para o armazenamento e gerenciamento de dados e informações de um site.

Os planos de hosting geralmente funcionam como um aluguel mensal em que todo mês o proprietário do domínio do site paga uma quantia para uma provedora de hospedagem para manter seu site ativo.

Mais do que o terreno para seu site, um bom plano de hospedagem também é a garantia de que o espaço da sua marca na internet oferecerá performance e segurança tanto para o proprietário quanto para os internautas.

Em especial, se você possui uma loja online, por exemplo, contar com um Certificado SSL, que é protocolo de segurança para proteção de dados, promoverá muito mais tranquilidade e confiança para o usuário que deseja fechar negócio no seu e-commerce.

Quer saber mais sobre o certificado SSL? Confira o vídeo abaixo do canal do YouTube da GoDaddy:

Mas, enfim, quais são os tipos de hospedagem de sites e como funcionam? Vamos falar de quatro exemplos:

Confira!

1. O que é hospedagem compartilhada?

Dentre todos os tipos de hospedagem, a compartilhada é a mais utilizada e também a indicada para grande parte dos websites que existem. Neste formato, a GoDaddy armazena todo o conteúdo das páginas do seu site em um dos servidores, atribuindo um endereço DNS exclusivo.

O DNS é como se fosse o seu endereço e é o que permite que usuários ao redor do mundo te encontrem e visualizem seu site. Isso significa que, ao adquirir um pacote de hospedagem compartilhada, você está comprando uma parte do espaço nos servidores da GoDaddy. É ideal para aqueles que não contam com um tráfego muito alto, por exemplo.

2. O que é hospedagem VPS?

O VPS é o que chamamos de “intermediário” dentre os tipos de hospedagem existentes. Diferente da hospedagem compartilhada, ele permite que vários aplicativos sejam isolados um do outro no servidor. 

Assim, você consegue hospedagem para diferentes tipos de sites, como: 

  • e-commerces
  • conteúdo; 
  • portais; 
  • wiki;
  • CRM e muito mais com facilidade.

Você ainda estará compartilhando, fisicamente, o mesmo espaço com outros sites. 

Porém, os recursos referentes à sua hospedagem são dedicados apenas para você. VPS significa Virtual Private Server, ou Servidor Virtual Privado, e dá mais liberdade de acesso, mas sem toda a responsabilidade de um servidor dedicado.

3. O que é hospedagem cloud?

A hospedagem Cloud utiliza uma série de máquinas físicas para configurar e redimensionar um cloud server (servidor em nuvem) para armazenar e processar os conteúdos de um site de acordo com a demanda prevista. 

O funcionamento da hospedagem cloud é similar ao da VPS. Entretanto, enquanto a primeira conta com várias máquinas e potencial de escalar a performance de um servidor em nuvem, o segundo conta com apenas uma máquina para isolar compartimentos do servidor de forma dedicada a um domínio específico.

Dessa forma, a hospedagem cloud oferece mais flexibilidade e poder de performance que o VPS, o que a torna uma ótima opção para blogs, sites, portais e e-commerce com elevados picos de tráfego. 

Essa opção é ideal para monitorar as necessidades de um site de acordo com o momento, pois os recursos podem ser escalados para atender demandas diversas, tanto de baixo tráfego quanto de picos de acesso.

4. O que é servidor dedicado?

Força total, flexibilidade e controle. Dentre todos os tipos de hospedagem, o servidor dedicado é o melhor para aplicativos web com uso intensivo de recursos. 

Neste formato, você aluga um servidor inteiro que trabalhará apenas para seu site, sem dividir com mais ninguém.

Se você, por exemplo, conta com uma loja virtual com uma enorme quantidade de acessos e transações simultâneas, o ideal é contar com esse tipo de servidor para garantir a performance do seu e-commerce.

Aprenda mais sobre os tipos de hospedagem de site neste vídeo da GoDaddy:

Se você deseja aprender como saber onde um site está hospedado, por fim, você pode consultar o banco de dados de WHOIS para ter essas informações rapidamente. Basta inserir o nome de domínio na barra de pesquisa! 

A GoDaddy oferece vários tipos de hospedagem de sites diferentes

Diferentes tipos de site e a hospedagem ideal para cada um

Não existe um tipo de hospedagem ideal para qualquer site. As características das páginas e os objetivos dos proprietários é que definirão qual a melhor hospedagem a ser escolhida.

Não vale a pena, por exemplo, o dono de uma pequena lojinha virtual contratar um plano de hospedagem com servidor dedicado para armazenar os dados e processar as informações necessárias, concorda?

Como sites menores demandam menos acessos e geralmente oferecem um catálogo mais reduzido de produtos, a ideia aqui é investir em um servidor de hospedagem compartilhada com outros domínios.

Assim, o custo sai mais reduzido e o lojista terá a infraestrutura necessária para oferecer estabilidade e fluidez de navegação aos usuários.

Por outro lado, quando falamos de uma grande rede de e-commerce ou um marketplace, a história é outra. 

Esses sites lidam com um grande fluxo de acessos ininterruptos, em especial, quando atende internacionalmente e o fuso-horário não costuma afetar a demanda de acesso para menos.

Nesse caso, uma solução com servidores dedicados ou hospedagem cloud são as melhores opções para não ter instabilidade, queda de velocidade de carregamento e outros problemas operacionais em momentos de aumento de tráfego.

Além disso, como esses sites lidam com grandes catálogos de produtos e conteúdos mais pesados, somente a capacidade de processamento desses dois tipos de hospedagem de sites pode dar conta do recado.

Por sua vez, sites com essa infraestrutura, mas que não atingem volume de acessos tão altos, podem optar pelo VPS.

O que mais preciso para ter um site?

Além de definir qual dos tipos de hospedagem melhor servem seu site, você também precisará de um nome de domínio. Mas, afinal, o que é domínio de site?

Ele é um endereço pelo qual seu site será identificado na internet. Ele é único e intransferível e é contratado pelo proprietário durante um intervalo de um ano. Por isso, é preciso ficar ligado para fazer a renovação desse endereço e não perder o nome do seu site para um concorrente.

Para ser mais claro, o nome de domínio é a URL que você escreve na barra de navegação do seu navegador para solicitar acesso a um site. Por exemplo: meusite.com.br ou site.net

Repare que ele possui tanto um nome personalizado que identifica e torna o site exclusivo, como também possui as extensões, que podem ser .edu, .org, .net, .com, .br e por aí vai.

O ideal é escolher extensões que transmitam credibilidade e confiança no usuário, como é o caso da .com ou .net. Além disso, você deve ter percebido que várias extensões segmentam a categoria de um site, como .edu, para educação; .org, para organizações não governamentais; e .br, que representa o país de origem.

Além de escolher a extensão certeira, trate de selecionar um nome de domínio objetivo, claro e atrativo para que ele seja facilmente memorizado pelo usuário e rapidamente encontrado nos principais buscadores, como o Google.

Saiba mais sobre domínio de site com vídeo abaixo e pesquise em nosso site se o nome dos seus sonhos está disponível:

Crie um site profissional com a GoDaddy

Ao escolher um dos melhores servidores de hospedagem da GoDaddy e um nome de domínio, seu site já está pronto para ser publicado. 

Caso você não tenha conhecimentos de desenvolvimento web e nenhum orçamento para contratar um profissional da área, que tal usar o Criador de Sites da GoDaddy?

Essa ferramenta simples e intuitiva oferece todos os recursos necessários para criar um site profissional, com:

  • biblioteca de templates customizáveis para personalização do layout do site;
  • banco de imagens e fontes tipográficas;
  • método de arrastar e soltar para montagem do layout;
  • opção de criação de site com ferramentas de marketing integradas.

E aí, o que achou do nosso conteúdo? Tiramos todas as suas dúvidas sobre tipos de hospedagem de sites e de como botar seu projeto em prática? É mais fácil do que você pensava, né?!

Agora você já sabe, seja qual for o seu projeto, o tipo de hospedagem de sites rápida e confiável que você precisa está na GoDaddy! Use nosso Criador de Sites e arrase!