O que é inteligência artificial e como ela impacta sua vida? Confira!

ArtigosCategory
7 min read
Amanda Britto

Afinal, o que é inteligência artificial (IA)? Com a popularização da tecnologia, cada vez mais ouvimos esse termo em nosso dia a dia, seja em noticiários, no trabalho, em séries e filmes. Contudo, será que realmente sabemos o que a IA significa?

É bastante comum encontrar pessoas que ainda tem dúvidas sobre esse assunto e, como você está em um artigo intitulado “O que é inteligência artificial e como ela impacta sua vida? Confira!”, imaginamos que faça parte desse grupo. Mas não se preocupe, afinal, nosso objetivo neste artigo é, justamente, responder às suas questões sobre o tema. 

Você verá, aqui, respostas para diversas perguntas, divididas nos tópicos a seguir!

  • O que é inteligência artificial?
  • Para que serve inteligência artificial?
  • Como usar a inteligência artificial?
  • A IA na criação e gerenciamento de sites.

Siga a leitura para entender melhor o que é inteligência artificial,e tudo mais que você precisa saber.

O que é inteligência artificial?

A inteligência artificial, ou IA, é um campo da ciência da computação que se concentra no desenvolvimento de sistemas e máquinas capazes de realizar tarefas e interagir com outras pessoas de maneira natural, simulando a forma como os seres humanos pensam. Em suma, a tecnologia simula processos de pensamento humano.

Entre os elementos que fazem parte desta simulação estão a capacidade de:

  • aprendizado;
  • raciocínio;
  • resolução de problemas;
  • compreensão de linguagem natural;
  • tomada de decisões.

Logo, a IA é o termo dado a máquinas ou sistemas que conseguem realizar todas essas funções, a partir de instruções e códigos pré-programados

Como você deve imaginar, a programação de um sistema capaz de realizar tudo isso exige domínio amplo de conhecimentos de Tecnologia da Informação, Robótica, Computação e mais. Entretanto, soluções prontas já estão no mercado, interagindo conosco diariamente. 

Por exemplo, a Netflix, sistema de streaming em que você assiste sua série preferida, é dotada de inteligência artificial para compreender seus gostos e comportamentos, aprender o que é interessante para o usuário e oferecer indicações personalizadas. E esse é apenas um exemplo de para que serve a inteligência artificial! 

É exatamente essa possibilidade de qualquer um usar o recurso que tornou a compreensão sobre o que é inteligência artificial obrigatória.

Como funciona a inteligência artificial?

Para que sistemas sejam dotados de inteligência artificial, é preciso criar um modelo de aprendizado de máquina capaz de captar mensagens, compreender seus significados e responder questões relativas ao que foi aprendido.

Tudo isso só é possível por conta da tecnologia de redes neurais, inspirada no cérebro humano. Ela viabiliza que os sistemas possam:

  • receber uma abundância de dados;
  • realizar um complexo processamento;
  • aprender com essas informações.

Juntamente com as redes neurais, o que faz com que a inteligência artificial possa se comunicar conosco, como se fosse um ser humano, é a tecnologia de Processamento de Linguagem Natural (ou NLP, em inglês). É ela quem faz com que as máquinas consigam:

  • entender;
  • interpretar;
  • gerar linguagem humana de maneira eficaz.

Perceba que, ao usar a Netflix, mantendo esse exemplo por ser mais popular, você não precisa usar códigos para que ela entenda o que você quer assistir, aprenda suas preferências e indique alternativas baseadas nos gostos pessoais. 

Você usa seu idioma natural para se comunicar com ela, assim como faz para interagir com a Alexa ou com a Siri (assistentes pessoais da Amazon e do Iphone, respectivamente) ou mesmo para fazer perguntas ao Chat GPT. Acredite, ou não, todos são dotados de IA.

Um pouco da história da inteligência artificial

Se alguém te perguntar o que é inteligência artificial, você já sabe responder que é uma tecnologia que visa fazer com que as máquinas consigam interagir conosco como se fossem outros seres humanos. Correto?

Isso parece meio futurista demais? Pois saiba que essa não é uma ideia nova!

A inteligência artificial data, pelo menos, dos primeiros trabalhos sobre redes neurais realizados no início dos anos 40!

O neurofisiologista Warren McCulloch e o matemático Walter Pitts foram os primeiros a criar um modelo computacional para redes neurais baseado em matemática e algoritmos.

Na década de 50, o famoso matemático Alan Turing criou um teste de inteligência artificial que tenta determinar se uma máquina pode exibir um comportamento inteligente indistinguível do de um ser humano. 

Em 2014, uma máquina conseguiu passar no teste, fazendo com que grande parte da audiência acreditasse estar conversando com uma pessoa, e não com um sistema de IA.

Para que serve inteligência artificial?

A inteligência artificial possibilita que sistemas imitem a inteligência humana e executem tarefas que exigem mais do que apenas um processo de lógica simples. Ela permite que um sistema possa realmente aprender a partir de dados e tomar suas próprias decisões baseadas no que foi aprendido.

As aplicações são as mais diversas, inclusive na medicina preventiva, com sistemas inteligentes capazes de filtrar possíveis diagnósticos a partir dos sintomas dos pacientes. 

Além disso, já podemos interagir com chatbots, menos “robóticos” de atendimento ao cliente, máquinas que facilmente detectam fraudes e muito mais.

Em suma, a compreensão do que é inteligência artificial nos leva a encarar a realidade de que ela pode ser utilizada em muitos campos, até mesmo onde menos se esperava, como a arte. 

Modelos de inteligências artificiais já conseguem criar imagens realistas a partir de apenas uma frase. Incrível, não?!

Como usar a inteligência artificial?

Para utilizar a inteligência artificial, você tem dois principais caminhos.

  1. O primeiro é criar o próprio modelo, o que não é prático, nem barato, logo, apenas é feito por empresas que têm recursos para isso.
  2. O segundo caminho é utilizar algumas das opções de inteligências artificiais já disponíveis no mercado. Mais fácil, econômico e eficiente.

Algumas das opções mais conhecidas que você já pode encontrar estão listadas adiante.

  • ChatGPT: talvez o principal responsável por revisitar toda a discussão em volta da inteligência artificial, o ChatGPT ficou famoso por proporcionar conversas naturais em forma de chat, como se estivéssemos dialogando com outra pessoa.
  • DALL-E 2: dos mesmos criadores do ChatGPT, a openAI, o DALL-E 2 é uma inteligência artificial capaz de gerar imagens a partir de textos ou prompts, como são chamadas as instruções.
  • MidJourney: assim como o DALL-E 2, o MidJourney cria imagens a partir de descrições em texto feitas por seus usuários.
  • Bard: o Bard é a resposta da Google ao ChatGPT e vem com a promessa de ser ainda mais poderosa que seus concorrentes.
  • Stable Diffusion: assim como o DALL-E 2 e o MidJourney, o Stable Diffusion é um gerador de imagens super poderoso, capaz de criar desde ilustrações a fotos realistas de pessoas.

A IA na criação e no gerenciamento de sites

Agora que vimos o que é inteligência artificial, para que ela serve e como usar, você já consegue visualizar um pouco do que consegue fazer. 

Uma das suas aplicações é a criação e o gerenciamento de sites. Utilizando, por exemplo, algumas das ferramentas que colocamos no tópico anterior, você agiliza diversos trabalhos como o de criação de imagens ou conteúdos em texto.

Essas são apenas algumas das formas mais simples em que você pode utilizar a inteligência artificial na gestão de seu site.

Com o tempo e a evolução destas e outras ferramentas, você poderá fazer muito mais coisas, com menos trabalho.

E sabe o que mais pode te ajudar a melhorar as visitas no seu site? O pacote de Marketing Digital da GoDaddy! Com nossos recursos, pode-se atrair clientes por meio da gestão eficiente de redes sociais, anúncios, e-mails e avaliações.