[GUIA PRÁTICO] Como vender na Black Friday e lucrar? 14 dicas

ArtigosCategoria
Tempo de leitura:11 min
Bruna Diniz

Quer dicas preciosas de como vender na Black Friday 2023? Neste ano, o famoso feriado do comércio mundial acontece em 24 de novembro e os lojistas já precisam se preparar com antecedência para bater as metas de vendas esperadas para o período!

Criado nos Estados Unidos, o grande dia de ofertas é aguardado não só por consumidores, mas por varejistas também. Afinal, você já pensou no quanto pode faturar com essa ocasião especial? 

Na edição de 2022, o varejo registrou um crescimento de 6,9% nas vendas quando comparado ao ano de 2021. O e-commerce, por sua vez, teve um aumento de 21,1%, segundo o Índice Cielo do Varejo Ampliado (ICVA) divulgado pela CNN.

Para 2023, já surgiram pesquisas com as principais tendências para o evento. Aliás, um relatório da Méliuz, que foi divulgado pelo Estadão, aponta que o consumidor pretende gastar 62% a mais do que gastou no ano passado.

Além disso, 32% dos participantes da pesquisa afirmaram que pretendem gastar, pelo menos, R$ 1.000 durante o evento deste ano.

Esse cenário parece promissor, não é verdade? E, para realmente aproveitar todo o potencial de vendas desse período, as empresas não podem marcar bobeira, já que a Black Friday 2023 promete enorme concorrência. 

Prepare-se para a Black Friday com a GoDaddy!

Quanto antes você começar a se preparar, maiores serão as chances de sucesso. Então, que tal colocar a mão na massa?

Para te ajudar, preparamos esse artigo com 14 dicas de como vender na Black Friday deste ano. Ficou curioso? Então, leia o conteúdo até o fim!

Como vender na Black Friday? 14 dicas

No Brasil, tradicionalmente, a Black Friday é realizada na última sexta-feira de novembro. Isso é excelente, já que muitas pessoas aproveitam a data para antecipar as compras de Natal, contando com super descontos. 

Por sinal, além de diminuir os valores dos produtos, é preciso tomar vários outros cuidados. A seguir, veja nossas 14 dicas de como impulsionar as vendas na Black Friday deste ano!

1. Faça um bom planejamento

Para começar, é vital ter muita organização. Estabeleça objetivos e metas quantitativas, além de montar um cronograma com os passos e um calendário para garantir que cumprirá cada etapa no tempo certo.

São exemplos de ações que devem fazer parte do seu plano:

  • escolha dos produtos a ser ofertados;
  • precificação criteriosa das promoções para não sair no prejuízo;
  • criação de página do site;
  • esquema de comunicação;
  • entre outras.

Leia mais: Como fazer promoção para atrair mais clientes? 

2. Organize seu site

Estruture o site para a Black Friday. Organize uma seção especial para a ação e monte um esqueleto bem definido para que todos os itens tenham descrições, estejam renomeados e precificados corretamente.

Afinal, um site simples, objetivo e com uma arquitetura da informação eficiente é fundamental para que o cliente consiga navegar por todas as ofertas e opções de catálogo à venda.

Um site com interface confusa, por exemplo, pode ser o primeiro sinal para que o consumidor em potencial desista da sua marca e busque melhores condições no concorrente.

E mais: se você fizer tudo com algumas semanas de antecedência, poderá alcançar alguma reputação nos buscadores em meio aos resultados de pesquisa. 

Para tal, vale a pena utilizar as técnicas de SEO, como a escolha de imagens leves e aplicação de palavras-chave nos conteúdos das páginas.

Confira abaixo um passo a passo de como criar um site profissional:

3. Crie uma campanha

Uma das principais dicas para vender na Black Friday e que podem fazer total diferença é a criação de uma campanha de marketing específica.

Com antecedência, comece a criar o clima do evento com seu público-alvo por meio de:

  • interações via e-mail;
  • conteúdos em redes sociais;
  • contagem regressiva no site;
  • e assim por diante.

Capriche no visual e nas frases de efeito embasadas em técnicas de copywriting, monte um visual para o evento e programe anúncios segmentados para o público-alvo. Assim, terá mais tráfego no site e as chances de compra aumentam.

A ideia é já despertar a decisão de compra no seu público-alvo antes da chegada do evento.

4. Faça testes

Lembre-se de fazer testes antes de lançar a seção do seu site de Black Friday, a fim de garantir que tudo esteja conforme o planejado. 

É importante navegar da mesma forma que seus consumidores em potencial fariam, visando averiguar se a experiência de usuário está satisfatória.

Os testes também são fundamentais para as campanhas de marketing, independentemente dos canais escolhidos.

5. Mantenha o relacionamento 

A Black Friday não acaba na sexta-feira, pois é só uma das oportunidades de gerar venda para seu público. 

Continue se relacionando e buscando fidelizar cada comprador. Dessa forma, terá um aumento nos lucros não só neste período, mas nos próximos meses também.

Quem sabe a Black Friday seja apenas a porta de entrada de um novo cliente ao universo da sua marca. 

Nesse sentido, uma boa experiência de compra, desde o atendimento até a satisfação com a qualidade do produto, são vitais para a boa reputação e o posterior crescimento da marca.

6. Prepare seu estoque

Quando o assunto envolve dicas de como vender na Black Friday, o gerenciamento de estoque deve estar no topo da lista de prioridades. 

Se tudo der certo, você venderá um volume muito maior de itens, mas, antes disso, faça uma análise detalhada do que está disponível.

Para aqueles produtos que, provavelmente, terão grande saída ou que estarão com descontos consideráveis, converse previamente com seus fornecedores. 

Dessa maneira, você entende se é possível suprir a demanda do momento e não deixa os consumidores na mão.

7. Comece a divulgar antecipadamente

Já falamos da importância da pré-campanha para a Black Friday 2023 para informar todas as vantagens do e-commerce e criar expectativa no público, mas é sempre bom ressaltar esse ponto.

Contudo, tome cuidado para não se antecipar demais. A intenção é mostrar que o preparo está ligado à última sexta-feira de novembro - e não a outra data. 

Além disso, transmita segurança e nunca prometa o impossível. Descontos muito fora do normal, que não se aplicam na prática, podem gerar reclamações até mesmo dos órgãos de defesa do consumidor.

É claro que você não quer manchar a reputação da sua loja, não é mesmo? 

8. Renove sua base de leads

A Black Friday 2023 não se limita ao aumento dos lucros, pois também abrange a aquisição de novos leads e futuros clientes fielmente engajados com a marca. 

Para tal, as ações de Inbound Marketing são excelentes opções, que incluem:

  • criar mensagens de e-mail automatizadas; 
  • desenvolver e-books atrelados a landing pages;
  • reutilizar conteúdos antigos da página, como descrições e textos de blog;
  • lançar algum material rico com uma empresa parceira.

Com isso, você terá leads mais qualificados e interessados nos produtos, preços e oportunidades.

Quer aprender sobre geração de leads e a importância deles para seu negócio? Confira o vídeo abaixo:

9. Envie e-mails promocionais

O e-mail marketing é um excelente recurso para quem quer aprender como vender mais na Black Friday 2023. 

Dê clareza sobre datas e horários de início e fim do período promocional, porcentagem de descontos, formas de pagamento, novos produtos, prazos de entregas e mais. 

Tente começar os disparos, em média, duas semanas antes. As primeiras mensagens podem ser mais genéricas, ou seja, para lembrar que a loja terá o dia de ofertas. Depois, quando a Black Friday estiver mais próxima, aposte em lembretes e prévias para contar informações mais detalhadas. 

Adicionalmente, aposte no potencial de personalização do e-mail, visto que pode-se enviar interações mais personalizadas e voltadas para as necessidades do público, o que tende a aumentar as taxas de conversão.

10. Crie promoções reais

Ao olhar para os números das últimas edições da Black Friday, não dá para negar que a ação é um sucesso no Brasil. Porém, ao mesmo tempo, há muitas reclamações de falsos descontos. 

Os clientes se queixam que alguns varejistas sobem bastante os preços semanas antes e, na última sexta de novembro, diminuem os valores. Isto é, parece que os produtos estão com ótimas ofertas, mas, na verdade, não é bem assim. 

O sucesso da Black Friday 2023 requer esforço da empresa, oferecendo promoções reais aos clientes e deixando todas as informações bem claras. 

11. Prolongue o período

Como o nome indica, a Black Friday é realizada em um dia da semana, mas não se limite a isso. Muitas empresas, aliás, fazem a  “Black Weekend” ou a “Black Week”, tomando mais alguns dias do calendário para oferecer descontos imbatíveis.

Essa ideia é interessante porque dá mais tempo para esgotar o estoque, mas é importante ter algumas ofertas em tempo limitado para estimular a urgência — um valioso gatilho do marketing digital. 

12. Esteja atento à sua concorrência

Se todo mundo está oferecendo preços menores, como você vai se sobressair? E quais preços cobrar para ficar no que é considerado uma vantagem aos olhos do cliente?

Para descobrir as respostas destas perguntas, você precisa fazer uma análise da concorrência para acertar na precificação dos seus produtos. 

Confira as divulgações antecipadas deles para saber se a sua estratégia de preços é vantajosa para o consumidor e está coerente com o que o mercado pratica.

Também é importante lembrar que ofertar o menor preço nem sempre é uma vantagem. 

É preciso considerar qual o nicho de atuação e as características da persona. Para ter o preço certo, leve esses fatores em conta e, ainda, considere sua margem de lucro.

13. Crie uma estratégia de marketing digital em diversas frentes

Chegou a hora de criar um plano de marketing para divulgação! Primeiro, escolha os canais que sua audiência mais usa. Isso pode significar uma campanha em várias redes diferentes, como Facebook, Instagram e Google Ads.

Comece a se planejar com antecedência. Avalie a audiência e, como mencionamos em um passo anterior, não se esqueça dos esforços para atrair novos leads. 

Para engajá-los, uma ótima prática é oferecer o produto carro-chefe da loja com um desconto imperdível.

Para clientes que já compraram de você, aposte em estratégias de remarketing, técnica que consiste em impactar pessoas que já demonstraram interesse em seu produto ou serviço.

Adicionalmente, para saber como vender mais na Black Friday 2023, divulgue anúncios com imagens e textos diferentes que remetem à data. Quanto mais impactar, mais chances terá de atrair pessoas para sua loja.

14. Tenha a melhor estrutura para sua loja virtual 

Muitos empreendedores digitais preparam grandes ofertas e intensificam a comunicação nas redes sociais, mas se esquecem de investir na estrutura do e-commerce.

Vale dizer, mais uma vez, que, na Black Friday deste ano, sua página tende a receber um número muito grande de visitas. 

Se não tiver um servidor eficiente, as chances do site dar algum problema — por exemplo, ficar fora do ar —  são muito grandes. Ainda, o serviço de hospedagem deve oferecer segurança e estabilidade para lidar com o grande fluxo de acessos

Conte com a GoDaddy para vender mais na Black Friday

Para assegurar a fluidez da jornada de compra, com segurança e mantendo o site no ar, saiba que a GoDaddy tem os melhores planos de hospedagem do mercado!

E, se você precisar de uma ajudinha para criar sua loja online, também podemos te ajudar. Crie ou reformule sua loja online em até 1 hora com nossa ferramenta exclusiva. 

Você vai perceber que ter um e-commerce profissional a favor do seu negócio é mais simples do que imagina!

E aí, curtiu nossas dicas como vender na Black Friday 2023? Aproveite as soluções que a GoDaddy tem para seu e-commerce e brilhe no evento mais esperado do ano!