O que é arquitetura da informação? Importância e exemplos de arquitetura e site

ArtigosCategoria
Tempo de leitura:9 min
Beatriz Okubo

Você sabe o que é arquitetura da informação? Apesar de mais antigo e servir também para o mundo offline, esse conceito voltou à tona com força nos últimos anos em virtude da importância de organizar bem as informações de um site a partir do seu layout.

Sabe quando você entra em uma biblioteca ou livraria e o espaço está bem organizado por seções e indicações de qual caminho seguir para buscar o livro que você está procurando?

Isso não só otimiza a sua experiência como consumidor, pois rapidamente você encontrará aquilo que precisa, mas também diminui as chances de frustração, torna o processo mais agradável e intuitivo e ainda aumenta a credibilidade e qualidade de serviço da empresa.

No mundo digital, por sua vez, todo site precisa de uma boa estrutura para que funcione bem e seja atrativa para o público-alvo. Por isso, independentemente se você ainda vai criar o seu ou se ele já existe, é importante saber mais sobre como deve ser a arquitetura do site e o que não pode faltar.

Nesse artigo, vamos te explicar o que é arquitetura de um site e algumas dicas para ajudar você a ter mais resultados e prospere com sua marca na internet! Vem com a gente!

O que é arquitetura da informação de um site?

A arquitetura da informação é um conceito fundamental para que possamos utilizar a transformação digital a favor da melhor experiência de navegação dos usuários e, consequentemente, a promoção de marcas, empresas e projetos na internet.

Você tem uma marca própria e um site oficial para ela? Então se faça algumas perguntas importantes: 

  • Como está disposta e organizada as informações nas páginas do seu site? 
  • Seus usuários rapidamente conseguem encontrar a informação ou botão que está procurando?
  • As cores do seu layout criam ruídos que dificultam a leitura e tornam a navegação mais pesada?
  • Por quantos cliques e carregamentos o usuário precisa passar até resolver a dúvida que ele tinha ou processar uma ação específica?
  • Ao abrir o site em mobile, a imagem fica distorcida e o usuário tem dificuldade de clicar nos botões?

Essas perguntas são alguns dos caminhos que devem embasar a construção da arquitetura de um site. Em resumo, arquitetura da informação é a maneira como a interface do seu site organiza as informações para que o usuário consiga navegar de forma simples, agradável e intuitiva nas páginas do seu site, seja na URL ou pelo app.

Outra maneira conhecida de se referir a esse processo é pelo termo UX Design, ou design da experiência do usuário. O fato é que, cada vez mais, entender o que é arquitetura da informação se torna mais essencial para de fato prosperar na internet, vender mais e engajar clientes.

Confira abaixo o vídeo do canal do YouTube da GoDaddy com algumas dicas precisas para empreender no mundo digital:

Por que a arquitetura da informação é importante na construção de sites? 

Entendido o que é arquitetura da informação, qual sua importância no desenvolvimento de um site? Já falamos brevemente sobre o impacto desse conceito na experiência do usuário.

Entretanto, vale salientar alguns dados para encorpar essa informação e para que você entenda de uma vez como esse processo é imprescindível para qualquer negócio que queira crescer no mundo digital.

Você já ouviu falar na sigla ROI? Ela significa return over investment (em português, retorno sobre investimento) e, de forma clara, esse termo leva em consideração o percentual de retorno financeiro que empresas tiveram após investirem em determinada estratégia. 

Segundo a renomada revista Forbes, o investimento em arquitetura de sites com ux design gera um retorno de 9,900% de ROI. Fazendo um arredondamento, a cada R$1 investido, a empresa terá um retorno de R$100. Não é incrível? 

O True List ainda traz os seguintes dados: 70% dos consumidores online abandonam carrinhos de compras por causa de uma arquitetura de site pobre e complicada.

Além disso, uma boa interface de navegação aumenta em média 200% das conversões em venda de um negócio online.

Esses números, por sua vez, são apenas o retrato de uma realidade bem perceptível para todos, não é mesmo? Afinal, você mesmo, como consumidor, já deve ter desistido de fazer negócio com uma marca porque o site dela é confuso, lento e complicado. Quando o concorrente possui a arquitetura de um site mais elaborada então, o consumidor não pensa duas vezes antes de mudar de opinião.

Portanto, podemos ver que entender o que é arquitetura de informação e implementar esse conceito no site da sua marca pode ser o diferencial que o seu negócio está precisando para decolar. 

Conheça alguns passos para construir uma boa arquitetura do site

Para aprender o que é arquitetura lógica de um site, você deve saber alguns requisitos básicos para criar uma boa estrutura das informações, criar conteúdos para cada tópico listado, montar um rascunho do visual do seu site e, enfim, desenvolvê-lo.

Esses passos não podem faltar para que sua casa digital esteja pronta para receber os usuários, proporcionando uma boa experiência e ótima performance para alcançar bons resultados.

1. Monte a estrutura da Informação

Entender o que é arquitetura da informação e suas aplicações não significa apenas ter conhecimento de códigos de programação. 

Porém, é importante que você tenha em mente que, assim como no meio offline, a arquitetura remete não só ao que está por trás, mas ao design e ao conteúdo que é visto e utilizado pelo público.

Dessa maneira, durante o período de planejamento da sua página da web, é imprescindível listar toda a estrutura das informações. Crie um esqueleto do que é importante ter em seu site, listando as categorias principais e os subtópicos.

Como o próprio nome sugere “estrutura da informação” ou “arquitetura da informação”, o que é mais relevante deve ser priorizado, ocupar espaços de destaque e ter mais visibilidade.

Vai funcionar como um mapa do site, mas se você quiser listar mais informações, melhor ainda. Isso vai ajudar na hora de criar o layout e até mesmo o próprio site.

2. Desenvolva os conteúdos para cada área

Chegou o momento de desenvolver os conteúdos para cada uma das áreas listadas por você na fase anterior. Como sua estrutura foi feita considerando as prioridades, você saberá por onde começar.

Entenda que criar conteúdo não é escrever algo sobre o assunto só para preencher uma área do site que ficaria vazia. Esta ação está mais relacionada a utilizar palavras a seu favor. Quando você produz textos com termos específicos que são estratégicos para seu negócio, a probabilidade de ser encontrado nos buscadores sem pagar por anúncios só tende a crescer.

Por exemplo: vamos supor que sua casa digital seja uma loja on-line de moda feminina. É importante ter categorias com tipos de peças diferentes — vestidos, saias, blusas — e outros subtópicos que afunilam mais — vestidos curtos, vestidos longos, etc.

Para cada página dessa é importante ter um conteúdo interno que seja informativo, mas que também seja produzido para utilizar de forma intencional algumas palavras-chave que sejam muito buscadas pelas pessoas — “comprar vestido on-line”, “loja virtual de vestidos”, entre outras possibilidades.

3. Faça o rascunho do layout do site

Agora que você já sabe o que precisa ter em matéria de informação e conteúdo, o próximo passo para completar a arquitetura do site é desenhar um rascunho visual do site, ou seja, o layout.

Muitas vezes, as pessoas começam pela parte estética, mas acabam não concluindo o projeto ou fazendo muitas modificações. Isso acontece porque o ideal é criar o design só depois de ter um planejamento para as páginas.

Você não precisa ter expertise em softwares gráficos, pode utilizar papel e lápis apenas para rabiscar suas ideias. O interessante de trabalhar com este modelo é que pode adaptar quando preferir durante seu período de planejamento.

4. Crie o seu website

Depois de ter o wireframe — desenho do site — em mãos, você precisará desenvolvê-lo. Esta é a etapa mais técnica, já que colocará em prática toda a estratégia que criou em cada uma das etapas anteriores.

Veja como criar um site profissional incrível de maneira simples e rápida com a ferramenta da GoDaddy:

Dicas para otimizar seu tempo e trazer bons resultados

Se você não tem conhecimentos em programação, não precisa se preocupar. Basta utilizar o Criador de sites da GoDaddy para, em menos de uma hora, utilizar a arquitetura de um site e criar o seu como planejou! 

Com essa ferramenta, você tem acesso a vários exemplos de arquitetura extremamente atrativos e personalizáveis que vão dar um ar de profissionalismo e credibilidade ao cantinho da sua marca na internet.

Comece gratuitamente agora mesmo!

Como dito no início, caso já tenha um site e queira apenas ajustá-lo, analise se vale a pena, pois muitas vezes pode ser mais prático desenvolver um novo, ainda mais se for com o apoio de uma ferramenta intuitiva e ágil!

Gostou das dicas? Entender o que é arquitetura da informação, sua importância e como implementá-la? Agora é só seguir os passos e desenvolver sua casa digital com a líder no mercado de soluções digitais. Confira todos os planos da GoDaddy! Até a próxima!